Apucarana

Júnior da Femac autoriza licitações no valor de R$ 1,8 milhão para três escolas

Da Redação ·
Imagem ilustrativa da notícia Júnior da Femac autoriza licitações no valor de R$ 1,8 milhão para três escolas
Júnior da Femac autoriza licitações no valor de R$ 1,8 milhão para três escolas

Na tarde de sexta-feira (22), o prefeito Júnior da Femac autorizou a abertura de processos licitatórios para a reconstrução das quadras esportivas das escolas municipais Luiz Carlos Prestes e Fábio Henrique da Silva, que foram destruídas por vendavais, e a reforma da quadra da escola Albino Biacchi. Cerca de R$ 1,8 milhão devem ser investidos nos três prédios.

continua após publicidade

O projeto de engenharia prevê que as estruturas possuam cobertura metálica, piso de alta resistência, demarcação seguindo medidas oficiais, fechamento em alvenaria e alambrados, arquibancadas, refletores, iluminação de emergência e demais itens solicitados pelo Corpo de Bombeiros.

“A maioria das crianças apucaranenses fica sete horas diárias nas escolas devido à educação integral. É importante que elas tenham um espaço adequado para brincar, confraternizar com os amigos e praticar esportes. Nós estamos muito contentes em anunciar mais estas obras,” disse a secretária municipal de educação, Marli Fernandes.

continua após publicidade

Júnior da Femac frisou o município vem conseguindo avançar em áreas prioritárias, como saúde e educação, apesar das dívidas deixadas por administrações anteriores. “Isso só é possível graças ao minucioso planejamento e à rigorosa economia que as nossas equipes fazem. No mês de novembro, até a data de hoje (22), a prefeitura já pagou mais de R$ 2 milhões em débitos, valor que seria suficiente para construir outras três quadras esportivas,” afirmou o gestor.

Além das benfeitorias na quadra, a Escola Albino Biacchi será contemplada com a instalação de cobertura ligando o portal de entrada ao prédio, a revitalização de quatro salas de aula, dos sanitários dos alunos e do pátio. A reforma de 877,86 m2 e a ampliação de 75,30 m2 devem absorver recursos da ordem de R$ 586.257,79.

Esta é a segunda vez que o prédio da Escola Albino Biacchi recebe melhorias na gestão Beto Preto e Júnior da Femac. Em 2016, a unidade de ensino passou pela construção de mais duas salas de aula, reforma do refeitório e ampliação da cozinha, da lavanderia, do depósito de merenda, da sala dos professores, da secretaria e das salas de direção e coordenação. Na época, o montante aplicado somou R$ 754 mil.

continua após publicidade

“Eu acho importante reformar a quadra, porém o que eu mais gosto no projeto é a instalação de cobertura na entrada do prédio. A partir de agora, as crianças não vão mais se molhar nos dias de chuva, ao chegar e sair da escola,” comemorou a presidente da Associação de Pais, Mestres e Funcionários (APMF) da Escola Albino Biacchi, Elair Correia Santos.

A Escola Fábio Henrique da Silva, do Jardim Marissol, também já passou por obras nesta gestão. De 2015 a 2017, a prefeitura investiu R$ 623 mil para adequar o prédio às normas atuais de acessibilidade e segurança previstas pelo Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), Corpo de Bombeiros e Vigilância Sanitária.

A reconstrução da quadra esportiva desta unidade de ensino foi iniciada no ano passado. Porém, a empreiteira que ganhou a licitação desistiu da obra e teve o contrato rescindido. O processo atual visa admitir uma nova construtora para dar continuidade aos serviços. A prefeitura tem em caixa R$ 464.835,45 destinados à edificação da estrutura, cuja área será de 515,10 m2.

continua após publicidade

Os 163 alunos da Escola Luiz Carlos Prestes serão igualmente beneficiados com a reconstrução da sua quadra esportiva, além da edificação de pátio descoberto, parquinho infantil, rampas de acesso, muros e cobertura ligando o portal de entrada ao prédio. As obras devem abarcar 588,53 m2 de área e R$ 766.351,75 de investimento.

Outros R$ 441 mil já foram investidos no estabelecimento há três anos, quando foram feitas adequações para acessibilidade, reforma dos sanitários, refeitório e setor administrativo, ampliação da cozinha, lavanderia e depósito de merenda, e construção de muros e calçadas.

Participaram também do ato no gabinete do executivo, os secretários municipais Nikolai Cernescu Júnior, Sueli Aparecida de Freitas Pereira, Herivelto Moreno e Laércio de Moraes; o procurador jurídico, Paulo Vital; o superintendente do Idepplan, Carlos Mendes; diretoras escolares e pais de alunos.

Tags relacionadas: #Apucarana #ESCOLAS #Licitações