Facebook Img Logo
  1. Banner
Mais lidas
Apucarana

Motociclistas reclamam das calotas de sinalização instaladas na Rua Casemiro de Abreu, em Apucarana

.

Motociclistas alegam que as calotas dificultam a passagem. Foto: Maicon Sales/Tribuna do Norte
Motociclistas alegam que as calotas dificultam a passagem. Foto: Maicon Sales/Tribuna do Norte

Alguns motociclistas desaprovaram as calotas de sinalização instaladas na Rua Casemiro de Abreu, no Jardim Celmira, perto do Parque Biguaçu, em Apucarana. O TNOnline recebeu reclamações pela página do Facebook e também telefonemas de usuários que consideram muito difícil passar de moto pelo trecho.

O superintendente do Instituto de Desenvolvimento, Pesquisa e Planejamento de Apucarana (Idepplan) Carlos Mendes, esclarece que os sinalizadores de alto risco, popularmente conhecidos como tartarugas, foram instalados após abaixo assinado feito pelos moradores do Residencial São Francisco de Assis. De acordo com Mendes, os portões de acesso ao estacionamento do prédio e de saída ficam na Rua Casemiro de Abreu e os moradores exigiram alguma intervenção na sinalização com redutores de velocidade, pois tinham dificuldade de entrar e sair do estacionamento diariamente pro conta da falta de visibilidade e devido ao intenso fluxo de veículos na via.

"Fizemos toda uma análise e procedimento técnico. A rua tem uma declividade muito grande e fica complicado colocar o quebra-molas porque isso para caminhão, ônibus e até veículos menores causaria muito transtorno. Então melhoramos a sinalização com placas e mesmo assim os motoristas passavam como se nada existisse, principalmente os que descem em alta velocidade. Colocamos as calotas por não serem tão agressivas. Não foi uma medida tomada de repente", afirmou Mendes. 

O superintendente explica que, embora a prefeitura tenha sido procurada para resolver o problema, a questão da sinalização do trecho devia ter sido pensada pela construtora na época em que o edifício foi planejado, por conta do impacto causado na vizinhança. "Isso deveria ter sido pensado antes de construir o prédio, pois são 128 apartamentos, são 128 carros saindo e entrando diariamente e isso causa um impacto. A prefeitura acabou herdando o problema e o município teve que intervir. Existem vários edifícios sendo construídos na cidade e nós solicitamos esse planejamento do impacto de vizinhança", explicou. 

Sobre a reclamação na Rua Casemiro de Abreu, o superintendente observou  in loco que os motociclistas não estão reduzindo a velocidade ao passarem pelos sinalizadores. "Apesar de muitos motociclistas estarem reclamando, percebi que muitos passam inclusive sem reduzir a velocidade. O que tem que é acontecer é as pessoas respeitarem", disse. 

A constatação do superintendente foi confirmada pela moradora do prédio Denise Silva. "Os motoristas são acostumados a passar nessa rua em alta velocidade. Já presenciei muitos acidentes e mesmo depois de instalarem as tartarugas, muitos não respeitam", afirmou. 


O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Edhucca

Últimas de Apucarana

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber