Facebook Img Logo
  1. Banner
Mais lidas
Apucarana

PM de Apucarana atende seis casos de violência doméstica no domingo

.

Foto: Maicon Sales
Foto: Maicon Sales

A Polícia Militar (PM) de Apucarana atendeu somente no domingo (3), seis casos de violência doméstica. Três homens foram presos. Os crimes aconteceram nos Jardins das Flores, Eldorado, Novo Horizonte, Núcleo Orlando Bacarin, Residencial Sumatra e Vila Apucaraninha. 

O primeiro caso aconteceu por volta das 10h28, na Rua Palmas, no Jardim das Flores. A vítima contou para a Polícia Militar (PM), que já tem medida protetiva e que seu ex-marido agrediu ela, além de quebrar os vidros do seu carro. O homem fugiu antes da chegada da equipe. 

Por volta das 12h48, dois irmãos de 44 e 34 anos foram presos por direção perigosa e descumprimento de medida protetiva. A vítima ligou no 190 e disse que seu ex- marido estava rondando a casa dela, no Jardim Eldorado. 

A PM fez patrulhamento e encontrou um dos envolvidos em uma moto. Segundo a equipe, o condutor tentou arremessar a motocicleta contra a viatura e fugiu em alta velocidade, cruzando preferencias e colocando em risco a vida de pedestres.

O rapaz só parou na Rua Avaré, ele ainda teria tentado jogar a moto contra os policiais, e fugiu correndo, entrando na casa do irmão dele. 

Ainda conforme a PM, o irmão do rapaz tentou impedir a abordagem e ainda ameaçou dar um soco em um policial. Os irmãos foram presos. 

Já por volta das 13h18, a PM ajudou uma mulher retirar os pertences dela de uma casa, na Rua Carteiro Jair Aparecido Ferreira, no Residencial Sumatra. 

A mulher disse que está se separando do marido, e que ele estava impedindo ela de retirar seus objetos pessoais. Ele ainda teria injuriado ela com vários palavrões. A PM permaneceu na casa, até a vítima retirar seus pertences. 

Por volta das 18h06, um homem de 38 anos foi preso no Núcleo Orlando Bacarin. Ele agrediu a mulher com socos e ainda tentou jogar uma pedra em direção do seu filho. 

Segundo a PM, mesmo com a presença da equipe, o rapaz fez diversas ameaças e disse que quando saísse da cadeia, ira matar a mulher. Ele já teria em 2017, jogado álcool sobre o corpo da esposa, e ameaçou atear fogo nela. 

No final da tarde, por volta das 18h49, a PM foi chamada para comparecer no Jardim Novo Horizonte, na Rua Alexandre Balan, para atender uma briga entre namorados.

A jovem contou que foram até uma festa nas proximidades do Barreiro, no sábado (2), e que o namorado brigou com ela, por estar dançado. Ele então deu um soco na garota, que atingiu o olho direito, provocado um ferimento. Além disso, ofendeu a moça com vários palavrões. 

A jovem contou que após a confusão, quebrou os vidros do carro do rapaz, que pertence ao padrasto dele. Os dois foram orientados. 

Por fim, as 20h, a PM atendeu mais um caso de violência doméstica. A vítima, uma jovem de 23 anos, que mora na Vila Apucaraninha, contou que o marido nos finais de semana, sempre fica embriagado e lhe agride verbalmente. 

Porém quando a equipe chegou, o homem não estava mais no local. A mulher foi orientada. 









O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Edhucca

Últimas de Apucarana

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber