Apucarana

Hospital divulga nota de esclarecimento sobre atendimento de adolescente que morreu afogado no Clube 28 de Janeiro

Da Redação ·
Imagem ilustrativa da notícia Hospital divulga nota de esclarecimento sobre atendimento de adolescente que morreu afogado no Clube 28 de Janeiro
Hospital divulga nota de esclarecimento sobre atendimento de adolescente que morreu afogado no Clube 28 de Janeiro

O Hospital da Providência divulgou uma nota de esclarecimento sobre o atendimento do jovem Vinícius Policarpo, de 17 anos, que morreu após se afogar na piscina do Clube 28 de Janeiro, no último sábado (26), em Apucarana.

continua após publicidade

No texto o hospital informa que o paciente deu entrada por volta das 19 horas no Pronto-Socorro da Instituição. O paciente foi trazido pelo SAMU após afogamento grau 6, com relato de parada cardiorrespiratória no local do afogamento.

Chegou à nossa unidade em estado gravíssimo, entubado com apenas 80% de saturação de oxigênio, pupilas não fotorreagentes e foi atendido pela equipe plantonista, que prestou todo atendimento necessário, realizando procedimentos médicos, exames de imagem e laboratoriais, os quais constataram edema cerebral, opacidades no pulmão e alterações de exames laboratoriais.

continua após publicidade

No atendimento prestado não houve indicação médica para realização de drenagem de tórax, visto que não apresentava líquido em cavidade pleural (membrana que envolve o pulmão) conforme exame de imagem realizado durante o atendimento.

Vinícius não resistiu à gravidade do acidente e foi a óbito na manhã de domingo (27). "Toda a equipe do Hospital muito se entristece e ora a Deus para que console os corações dos familiares". conclui a nota. 

FAMÍLIA ALEGA NEGLIGÊNCIA
Segundo Luiz Roberto da Silva, tio de Vinícus, a família questiona o atendimento que o jovem recebeu no Hospital.

continua após publicidade

"Nós acreditamos que o hospital demorou para fazer o atendimento. Ele estava com água no pulmão, deveria ter feito uma drenagem, e acreditamos que isso não aconteceu. Ele foi intubado, e depois sofreu uma parada cardíaca. Nós antes dele morrer, até pedimos uma transferência para outro Hospital, mas não deu certo. Ele chegou com vida, deveria ter acontecido um procedimento mais rápido, e não aconteceu. Ele não bebia, não fumava, era um bom garoto. A família está muito abalada," finaliza Luiz. 

Nas redes sociais, muitas pessoas lamentaram a morte de Vinicius. 

Tags relacionadas: #afogamento #Apucarana