Apucarana

Produção de flores para o dia de finados movimenta a economia, em Apucarana

Da Redação ·
Fotos: Sergio Rodrigo
Fotos: Sergio Rodrigo

A produção de flores para o dia de finados está a todo o vapor em Apucarana. Melhor data do ano para as vendas, nas estufas de produção, o número de funcionários contratados é até quatro vezes maior para atender a demanda, que chega a um volume de vendas da ordem de R$ 1,8 milhões.

continua após publicidade
Produção de flores para o dia de finados movimenta a economia, em Apucarana fonte: Reprodução

De acordo com o produtor de flores Luiz Guilherme Metta, a flor mais procurada é o crisântemo. Durante o ano todo, são produzidos cerca de 8 mil vasos da flor por mês, mas nessa época do ano, a produção salta para 300 mil vasos. “A data de finados tem uma procura ainda maior do que o dia das mães, onde produzimos cerca de 40 mil vasos durante a safra. A safra de finados é a campeã, com a produção de 300 mil vasos de flores, aproximadamente”, disse.

Produção de flores para o dia de finados movimenta a economia, em Apucarana fonte: Reprodução

De acordo com o produtor, durante o ano, as estufas de produção empregam cerca de 7 funcionários fixos. Já época de safra para o dia de finados, o número de funcionários salta para 30 trabalhadores, durante a safra.

continua após publicidade
Produção de flores para o dia de finados movimenta a economia, em Apucarana fonte: Reprodução

As flores atendem não apenas ao mercado apucaranense, mas também são enviadas a dezenas de municípios do Paraná, São Paulo e Mato Grosso. “São cerca de 60 caminhões, com aproximadamente 5 mil vasos cada, para escoar toda a produção da safra de finados”, revela.

Terceira geração da família a trabalhar com a produção de flores, Metta afirma que não pensa em mudar de ramo. “Para mim é muito gratificante poder dar continuidade a este trabalho. Cresci vendo este negócio crescer e não me vejo fazendo outra coisa da vida”, garante o produtor.

Confira o vídeo com a entrevista realizada no local pelo TNonline:

Produção de flores para o dia de finados movimenta a economia, em Apucarana - Vídeo por: Reprodução