Apucarana

Apreensões de maconha e crack disparam em Apucarana

Da Redação ·
Imagem ilustrativa da notícia Apreensões de maconha e crack disparam em Apucarana
Apreensões de maconha e crack disparam em Apucarana

A Polícia Militar (PM) de Apucarana apreendeu na noite de anteontem 23,560 kg de maconha em uma casa no Residencial Interlagos. Um rapaz de 20 anos e uma jovem de 19 foram detidos. De janeiro a setembro, a corporação já apreendeu 134 kg da droga, um volume 91% maior que no mesmo período do ano passado, quando as apreensões somaram 70 kg. Outra droga que vem sendo apreendida em grande quantidade em Apucarana é o crack. Até setembro de 2019, já foram 8,483 kg da droga, contra 3,301. Um aumento de 157%. 

continua após publicidade

Os números fazem parte do levantamento mensal feito pelo 10º Batalhão de Polícia Militar (BPM) de Apucarana. O maior volume de apreensões dois tipos de entorpecente mais consumidos preocupa a corporação. “É muito preocupante principalmente a questão do crack. Acreditamos que essa maior circulação da droga e, portanto, das apreensões, seja reflexo até da crise, pois é uma droga que é oferecida pelo valor mais baixo. É uma droga que vicia muito rápido e precisamos ficar atentos”, detalha capitão Vilson Laurentino da Silva, que complementa que o usuário da droga é mais vulnerável ao apelo da. “Recentemente tivermos um assassinato envolvendo andarilhos que confessaram que consumiram crack antes do crime”, exemplifica.  

Conforme a PM, 260 pessoas já foram detidas neste ano pelo envolvimento com o tráfico, sendo 61 menores de idade. “Nós estamos fazendo um trabalho intensivo contra o tráfico de drogas. Todas as apreensões foram feitas dentro da cidade. A PM realiza um trabalho de formiguinha. Combatendo o tráfico, vamos conseguir diminuir outros crimes, como o roubo e furto”, destaca o capitão. 

continua após publicidade

O aumento das apreensões, segundo ele, também está relacionado com a adoção de uma postura de tolerância zero também em relação ao uso. “Não importa se tem uma bucha de maconha ou uma pedra de crack, a PM vai encaminhar esse dependente. Quando tiramos os usuários das praças, por exemplo, já melhoramos a sensação de segurança, ” ressalta o policial. 

Ainda de acordo com o capitão as denúncias ajudam, e muito, na localização de drogas. “As pessoas podem denunciar de forma anônima através do 181 que é o nosso número principal, e também pelo 08006431161. As pessoas de bem, sempre ajudam a polícia com denúncias,” finaliza.  

REDUÇÃO 

O levantamento também aponta para uma redução nas apreensões de cocaína, que  diminuíram 24%. Foram apreendidos 2,724 kg em 2019, contra 3,571 kg no mesmo período de 2018. Apreensões drogas sintéticas também reduziram neste ano. De janeiro a setembro foram apreendidos 727 pontos de LSD, contra 943 no mesmo período do ano passado.

Tags relacionadas: #apreensões #Apucarana #drogas