Facebook Img Logo
  1. Banner
Mais lidas
Apucarana

Apucarana investe R$ 2,1 milhões na reforma e ampliação de mais três unidades de ensino

.

O prefeito Junior da Femac assinou, na tarde de ontem (23), ordem de serviço para a realização de obras em mais três unidades de ensino. Os beneficiados são a Escola Municipal Professor Alcides Ramos e os Centros Municipais de Educação Infantil (CMEIs) Josa Ribeiro e Sol Nascente. O investimento soma R$ 2.077.701,00.

“Alunos e professores precisam de um ambiente adequado, seguro e confortável para que o ensino e a aprendizagem aconteçam de forma eficiente. Por isso, a gestão Beto Preto e Júnior da Femac tem por meta reformar e ampliar todos os prédios escolares da rede municipal. Falta apenas um. Desde 2013, cerca de R$ 45 milhões já foram investidos,” disse a secretária de educação Marli Fernandes.

O CMEI Josa Ribeiro, na Vila São Carlos, deve ganhar um prédio amplo e moderno. O projeto de engenharia prevê a demolição da sede atual, que possui área de 338,38 m2, e a construção de outra com o dobro do tamanho (689,91 m2). A empreiteira Vitti Engenharia venceu a licitação e receberá R$ 762.997,59 pela execução da obra.

O novo prédio possuirá oito salas de aula, lactário, espaço para higienização, cozinha, refeitório, depósitos de merenda e de materiais de limpeza, almoxarifado, lavanderia, sala de direção e sanitários. Serão construídos ainda muros no entorno, rampa de acesso e cobertura na entrada da edificação.

Após a conclusão da obra, o número de crianças atendidas pelo CMEI Josa Ribeiro deve saltar de 100 para 160.  “Nós ficamos muito felizes com a notícia de que a obra vai começar. Eu e os professores estávamos ansiosos. Como a creche fica na área central, nós temos uma grande demanda por vagas e recebemos crianças de quase todos os bairros. As mães vêm trabalhar e deixam seus filhos conosco,” explicou a diretora da instituição, Ednéia Delívio Zappielo.

Já o CMEI Sol Nascente, na Vila Salete, será contemplado com a reforma de 427,61 m2 e a ampliação de 217,92 m2. O valor da obra, que está a cargo da Construtora Deka, é de R$ 586.663,24.  As principais melhorias são a troca do telhado, a instalação de mantas térmicas, a redistribuição do espaço para aumentar o tamanho das salas de aula, a substituição das janelas, a revisão das instalações elétricas e hidráulicas, e a construção de novos sanitários, cozinha, refeitório, lavanderia e depósitos de merenda e de materiais de limpeza.

A terceira contemplada neste pacote é a Escola Professor Alcides Ramos, no Núcleo Osmar Guaracy Freire, que passará pela reforma de 1628,21 m2 e a ampliação de 129,41 m2. A obra será feira pela CTMA Construções Civis ao custo de R$ 728.040,18. Estão previstos o fechamento do refeitório, a revitalização das salas de aula, a construção de mais duas salas de aula, a troca do telhado e dos pisos, a adequação da cozinha, dos sanitários e da área de serviços, a revisão das instalações elétricas e hidráulicas, a restauração do setor administrativo e a reforma da quadra esportiva.

O prefeito Júnior da Femac frisou que as três obras serão feitas com recursos próprios do município. “Os mais de R$ 2 milhões que estamos investindo neste momento são fruto de uma administração austera e enxuta. A ordem é que as nossas equipes evitem os desperdícios e priorizem aquilo que é fundamental: a educação das nossas crianças,” afirmou o gestor.

“Como deputado estadual, eu tenho percorrido as mais diversas regiões do Paraná. Posso testemunhar que nunca vi um município investir tanto em educação como Apucarana. Neste período de crise econômica pelo qual estamos passando, é difícil a cidade que tem R$ 2 milhões em caixa para aplicar em obras. Vocês estão de parabéns! Quem investe no ensino dos pequenos está garantindo o futuro. Prova disso são os países do norte europeu que promoveram uma revolução na educação e hoje apresentam os mais elevados Índices de Desenvolvimento Humano (IDH)”, afirmou o deputado Arilson Chiorato, que prestigiou o evento.

Dos 60 prédios escolares da rede municipal, apenas um ainda aguarda autorização para reforma e ampliação. “A Escola Professora Maria Madalena Côco, da Vila Martins, funciona em prédio cedido pelo governo estadual. Nós já fizemos o pedido de doação do imóvel junto à Secretaria de Estado da Educação (SEED-PR) e acreditamos que, em breve, poderemos fazer a licitação das obras,” explicou o prefeito.

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Edhucca

Últimas de Apucarana

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber