Facebook Img Logo
  1. Banner
Mais lidas
Apucarana

Prefeitura conclui Plano Diretor e repasse projeto para a apreciação dos vereadores

.

Após 1 ano e sete meses de detalhado estudo dos técnicos da Prefeitura e da Funpar, seis oficinas comunitárias e três audiências públicas, a administração municipal entregou nesta sexta-feira (11) os projetos do Plano Diretor, Mobilidade e Planta Genérica do Município para a apreciação dos vereadores que iniciam as análises para a aprovação das leis.

Em solenidade no gabinete do prefeito Romualdo Batista o repasse dos documentos foi realizado ao presidente da Câmara, Hudson Guimarães e para os vereadores presentes Jucelino Tavares, João Jorge Marques e Luiz Carlos Garcia. “Esse é um grande avanço para Mandaguari que agora conta com um projeto que traça o desenvolvimento da cidade e direciona os investimentos de forma planejada. Esse foi um estudo realizado com seriedade, discutido com toda a sociedade e sem buscar as particularidades de cada segmento, olhando para o macro e para o bem da cidade. Parabenizo toda a equipe de estudos que realizou um grande projeto que tem sido elogiado pelo Paraná Cidade e por outras prefeituras que estão elaborando seus projetos. Quem ganha é Mandaguari e os mandaguarienses”, elogiou Batistão.

De acordo com a legislação, o Plano Diretor do município deve ser revisto a cada dez anos, garantindo o crescimento organizado e equilibrado das cidades e oferecendo melhor qualidade de vida para seus moradores. Através de estudos minuciosos foram definidas as áreas com maior vocação para comércio, residência e indústria que são chamadas de zoneamento. Também foram estudadas as dimensões mínimas das vias de circulação de veículos, pedestres e ciclistas, bem como as dimensões dos terrenos (área e frente), a quantidade de área permeável, a altura das edificações.

A arquiteta e urbanista Patrícia Salvador, uma das responsáveis pela elaboração do Plano, agradeceu e elogiou o trabalho de toda a equipe que reuniu cerca de 30 técnicos representando cada segmento e Secretaria Municipal. “Tínhamos um plano de 2008 que estava ultrapassado e que gerava dificuldades para aplicar as leis. Com esse novo Plano criamos mais facilidades para atrair empresas para o município e visamos no desenvolvimento econômico, social e ambiental. São 1.500 páginas de estudos amplamente discutidos e revisados que trazem ações para serem realizadas a curto, médio e longo prazo. Estamos satisfeitos com o resultado e a sensação de dever cumprido”.

O presidente da Câmara elogiou o empenho dos técnicos. “Estamos recebendo hoje páginas do nosso futuro e agora vamos apreciar que futuro queremos. Se queremos continuar sendo uma cidade tranquila e pequena ou um cidade em amplo desenvolvimento, que pensa na qualidade de vida da nossa gente e que o crescimento é uma necessidade imediata. Peço que meus colegas vereadores analisem o Plano e defendam o que é bom para a cidade e não para cada um de nós. Somos representantes dos munícipes e temos obrigação em oferecer qualidade de vida para nossa gente. Prometo que a Câmara irá analisar todas as páginas com cuidado, carinho e competência”, frisou Guimarães.

O diretor Superintendente da Funpar, João da Silva Dias e a coordenadora dos Planos Integrados, Elenize Assunção, trabalharam juntos com a Prefeitura em todo o processo de elaboração do plano. “O norteamento é que o interesse geral esteja sempre acima dos interesses particulares. Isso o prefeito Romualdo Batista sempre frisou e nos deixou muito a vontade para elaborar um plano bom para Mandaguari. É um grande prazer fazer parte da construção de uma nova cidade”, finalizou Dias.

As minutas e todo o processo de elaboração do Plano Diretor e de Mobilidade está disponível no site do município www.mandaguari.pr.gov.br no banner Plano Diretor -  Plano Integrado – Plano de Mobilidade.

Na oportunidade o secretário de Meio Ambiente e Desenvolvimento Econômico, Paulo Conte entregou ao prefeito que repassou para a Câmara o Plano de Arborização do Município que prevê as espécies a serem plantadas e o melhores locais a serem disponibilizadas.

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Soprap

Edhucca

Últimas de Apucarana

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber