Facebook Img Logo
  1. Banner
Mais lidas
Apucarana

Plantadeira de café começa a atender produtores

.

A plantadeira de café, adquirida pelo Município e cedida para a Associação dos Cafeicultores do Pirapó, começou a atender os produtores. O primeiro plantio mecanizado foi realizado nesta quarta-feira (09/10), na Chácara Nossa Senhora Aparecida, localizada na região do Contorno Norte. A máquina levou menos de quatro horas para fazer o plantio de 5.600 mudas, serviço que levaria cinco dias caso fosse feito manualmente.

Três gerações trabalham na propriedade, o que pode ser considerado um fato muito raro nos tempos atuais. “Aqui trabalha meu pai, eu e meu filho. Dos  9 alqueires da propriedade, cinco são de cultivo de café. Fizemos o plantio mecanizado da variedade PR 107 de enxertia em área de cerca de dois hectares, onde antes tínhamos plantado aveia”, informa o produtor Ademir Donizete de Oliveira.

O agricultor afirma que a mecanização diminui os custos de produção e ajudará a manter as famílias na atividade cafeeira. “Facilita o serviço, especialmente com o uso de menos mão-de-obra, o que reduz os custos. Isso vem a ajudar muito e contribuir para que o produtor continue na atividade cafeeira”, frisa Oliveira.

O secretário municipal de Agricultura, José Luiz Porto, lembra que a máquina custou R$ 48 mil e foi repassada em regime de comodato para a associação. “Já existe a colheitadeira que foi repassada pelo governo do Estado aos produtores no ano passado. No entanto, para que haja um rendimento melhor na colheita é preciso que o café esteja bem alinhado. Sensível a essa situação e tendo em vista a implantação de uma cafeicultura moderna e de alto rendimento, o prefeito Junior da Femac determinou a aquisição da plantadeira”, explica Porto.

Conforme Marco Antônio Casini Sanchez, responsável na Emater pelo acompanhamento do cultivo do café na região, a área de plantio de café vem reduzindo nos últimos anos, especialmente pela falta de mão-de-obra e por geadas que dizimaram muitos cafezais. “A colheitadeira e a plantadeira vão incentivar a retomada do café, com a expansão da área cultivada e a diminuição dos custos de produção”, avalia.

De acordo com Mauro Andrade Machado, presidente da Associação dos Cafeicultores, a procura pela máquina é grande. “A capacidade de plantio é de 20 mil mudas por dia. Cinco produtores já estão agendados e o serviço será executado após a próxima chuva. Quem tiver interesse é só se associar e solicitar o serviço”, afirma Machado, acrescentando que é somente cobrada uma pequena taxa para a manutenção da máquina.

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Soprap

Edhucca

Últimas de Apucarana

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber