Apucarana

Crianças e adolescente invadem escola de Apucarana e causam danos

Da Redação ·
Ilustração
Ilustração

Dois garotos de 10 e 12 anos e um adolescente de 14, foram apreendidos após invadirem a Escola Municipal Fernando José Acosta, no Residencial Sumtara em Apucarana, ontem (6). Os três danificaram materiais escolares.

continua após publicidade

Segundo a Polícia Militar (PM), testemunhas ligaram no 190 e informaram que garotos queriam furtar a escola. Ainda segundo a denúncia, os suspeitos eram crianças e adolescentes que moravam no bairro. 

Ao chegar, testemunhas mostraram em qual casa os meninos estavam. A mãe de uma criança de 12 anos, falou que não sabia de nada. Porém, o menino contou para a PM, que ele e os outros amigos de 10 e 14 anos invadiram a escola e danificaram alguns materiais escolares. 

continua após publicidade

Uma funcionária foi até a escola e juntamente com a PM, encontraram algumas réguas, colchonetes, cadernos, além de alguns trabalhos realizados pelos alunos, tudo danificado. 

A coordenadora da Escola, Elisa Eiderick, informou que o ato de vandalismo não comprometeu a rotina da instituição, e afirmou que os meninos que invadiram a escola, não estudam lá.

"Eles não são alunos da escola, eles cortaram um colchonete, e o que eles conseguiram alcançar através das janelas das salas, foram espalhando pela escola. Foi puro ato de vandalismo, " detalha a coordenadora.

continua após publicidade

Segundo Elisa, quando a Escola foi inaugurada, em 2016, uma reunião foi realizada, para conscientizar os alunos, para que eles, cuidassem da instituição. 

"Quando a Escola foi inaugurada, aconteciam alguns casos de vandalismo, mas fizemos uma reunião com os alunos, familiares e moradores do bairro e pedimos ajuda para cuidar da nossa Escola, e os vandalismos acabaram. No caso de ontem, foram os próprios moradores que denunciaram, e chamara a PM. Os garotos que fizeram o ato, não são nossos alunos. E os moradores daqui, ajudam a cuidar", finaliza.