Facebook Img Logo
  1. Banner
Mais lidas
Apucarana

Prefeitura de Apucarana irá ceder projetos para casas rurais

.

Em reunião mantida na Prefeitura de Apucarana, o prefeito Junior da Femac discutiu com equipe técnica do escritório local da Emater, a aplicação do Pronaf Habitação no Município. Prontamente, Junior colocou a prefeitura à disposição, com a cessão de algumas opções de projetos do “Casa Fácil”, mantido em parceria com o Crea-PR e a Associação de Engenheiros e Arquitetos de Apucarana.

O programa viabiliza linha de crédito especial de até R$ 50 mil, via Banco do Brasil, para construção de casas em alvenaria com até 50m², ou a reforma de unidades habitacionais rurais, por meio de parcerias com entidades organizadoras, destinadas às famílias que se enquadram nos parâmetros do Pronaf Habitação. A taxa de juros é de apenas 4,6% ao ano e com prazo de até 10 anos para pagar, com 3 anos de carência. A renda máxima permitida é de R$ 415 mil/ano.

O público alvo do Programa são os agricultores familiares e pequenos proprietários rurais. Segundo o gerente regional da Emater, Cristovan Ripol, em Apucarana já existem ao menos cinqüenta famílias interessadas nesta linha de crédito para habitação rural. “Por meio do Banco do Brasil, com apoio da prefeitura e da Emater, será possível contemplar muitas famílias da zona rural de Apucarana”, diz Ripol.

Conforme explica o gerente do Banco do Brasil em Apucarana, Everaldo Piva, o primeiro passo dos agricultores familiares interessados neste programa é procurar a agência local do BB. “O produtor interessado em reforma ou construção pelo PRONAF Mais Alimentos deve vir ao banco para verificar seu cadastro, capacidade de pagamento e enquadramento. Depois ele deve ir à Emater ou sua assistência técnica para solicitar o projeto de financiamento”, explica Piva.

O principal requisito é aferir se está tudo correto com a Declaração de Aptidão ao PRONAF (DAP) por parte dos interessados. “Se tive tudo em ordem, o agricultor é encaminhado à Secretaria Municipal de Obras, onde poderá escolher o modelo de planta de casa pelo Programa Casa Fácil, onde será providenciado o projeto da obra e a Anotação de Responsabilidade Técnica”, assinala o prefeito Junior da Femac.

Com o projeto e orçamento o produtor rural retorna na assistência técnica (Emater ou empresa de planejamento) e faz o projeto técnico de financiamento pelo PRONAF. Para reformas não é preciso ir na prefeitura, basta fazer o orçamento da reforma diretamente com a assistência técnica. Os interessados podem pleitear a linha de crédito neste dia 1º de outubro, na agência do Banco do Brasil em Apucarana.

Participaram da reunião, no gabinete do prefeito Junior da Femac, o secretário de obras Herivelto Moreno; e Cristóvan Ripol, acompanhado de Rafaela Crisitna Bernardo, Geraldo Maronezi, Antônio Biral Filho, e Cecília Ribeiro, todos da equipe da Emater.

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Edhucca

Últimas de Apucarana

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber