Facebook Img Logo
  1. Banner
Mais lidas
Apucarana

Prefeito e engenheiros da Rodonorte vistoriam obras no Contorno Sul

.

As obras de duplicação do contorno sul de Apucarana, que incluem dois viadutos e uma ponte, devem ser entregues em novembro de 2020. O anúncio foi feito ontem pelo engenheiro Luiz Carlos Fernandes durante vistoria no canteiro de obras, acompanhado do prefeito Junior da Femac. “A duplicação do contorno, somada às novas avenidas Cristiano Kusmaull e Nova Ucrânia, cujas obras se iniciam nas próximas semanas, irão garantir melhor mobilidade urbana e expansão de investimentos nesta região da cidade”, avalia Junior da Femac.

Os engenheiros Luiz Carlos Fernandes, Melissa Maronezi e Pedro Rodrigues Tavares apresentaram ao prefeito e ao secretário de obras, Herivelto Moreno, a primeira fase da duplicação do contorno, num trecho de 4,5 km, onde falta apenas a capa final de pavimentação e a sinalização horizontal e vertical. A concessionária deve liberar ao tráfego o trecho que vai das proximidades do 10º Batalhão da Polícia Militar até a estrada do Rio Bom até o mês de novembro.

Ainda na visita ao canteiro de obras, a equipe técnica da CCR Rodonorte apresentou ao prefeito e ao secretário de obras a primeira etapa da construção do viaduto, interligando a futura Avenida Cristiano Kusmaull com a Estrada do Rio Bom. No local já foram executados os pilares de sustentação da pista e também as obras de drenagem.

Neste local, a falta de um acordo com uma indústria química, que não aceita a desapropriação de uma faixa de terreno da empresa, vem atrasando o andamento das obras. “A Prefeitura de Apucarana está trabalhando em conjunto com a Concessionária Rodonorte e o DER na duplicação do Contorno Sul, que já está iniciado as obras no segundo trecho de 6,5 km”, assinalou o prefeito.

Conforme anunciou Junior da Femac, o município está encaminhando o decreto de utilidade pública para fins de desapropriação, de uma faixa de 4.400 m², junto ao viaduto, no acesso à estrada do Rio Bom. “O mesmo procedimento deve ser adotado em relação a mais dois lotes de terra, na segunda etapa de duplicação”, anunciou.

Junior da Femac diz que o viaduto no cruzamento do contorno com a estrada do Rio Bom vai acabar com o cruzamento de veículos e evitar muitos acidentes. Segundo ele, outro viaduto será construído junto à subestação da Copel e a Vila Rural Nova Ucrânia; além de uma ponte sobre o Córrego Biguaçu.

Conforme avalia o prefeito, a duplicação era necessária a muitos anos, considerando o fluxo de veículos que acessam Apucarana ou passam pelo contorno vindos da região de Maringá, com destino a Curitiba e ao Porto de Paranaguá. “Trata-se de uma obra de grande importância para o desenvolvimento de Apucarana, com total apoio do Governo do Estado que, por meio do Departamento de Estradas de Rodagem (DER), autorizou a sua execução”, assinalou Junior, acrescentando ainda que já disponibilizou todas as áreas que são de propriedade do Município. “Não iremos permitir atrasos nas obras, em decorrência da discordância de um empresário e de dois donos de chácaras, prejudicando a coletividade”, concluiu.

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Soprap

Edhucca

Últimas de Apucarana

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber