Facebook Img Logo
  1. Banner
Mais lidas
Apucarana

Câmara de Apucarana discute Plano Diretor

.

Herivelto Moreno e Humberto Leal na Câmara de Apucarana
Herivelto Moreno e Humberto Leal na Câmara de Apucarana

Na segunda fase de revisão do Plano Diretor de Apucarana, a Câmara Municipal foi palco de uma reunião, nesta quarta-feira (17), comandada pelo supervisor técnico de Gestão de Cidades, o arquiteto e urbanista Humberto Carneiro Leal, e pelo secretário municipal de Obras, Herivelto Moreno, que preside a Equipe Técnica Municipal do Plano Diretor. Também acompanhou os trabalhos o superintendente do Idepplan, Carlos Mendes.

No encontro, que teve a presença dos vereadores Lucas Leugi (Rede), Rodolfo Mota (PSD) e Gentil Pereira (PV), além do diretor do Legislativo, Luiz Carlos Balan, servidores e assessores, a empresa DRZ, Geotecnologia e Consultoria fez a apresentação do estágio dos trabalhos do Plano Diretor e colheu sugestões dos edis para serem implementadas no Plano que virá para o Legislativo para apreciação, discussão e votação.

O vereador Gentil Pereira destacou a revisão do Plano Diretor e os encontros que estão sendo realizados dizendo ser fundamentais para poder traçar os destinos de Apucarana para os próximos 10/15 anos. “O que causa preocupação para muitos, pois uma parcela muito grande de pessoas já me procurou para debater sobre o assunto e eu acabei passando como sugestão, é o sistema viário da nossa cidade. Temos uma malha viária que precisa de melhorias. Tínhamos, há tempos atrás, 15 a 25 mil veículos na cidade, hoje temos uma frota de mais de 85 mil veículos e a mesma malha, praticamente. Precisamos dar uma atenção especial neste quesito que é a mobilidade urbana. Fizemos sugestões que serão analisadas por toda equipe responsável”, pontuou o vereador.

Lucas Leugi frisou a importância da reunião no Legislativo. “Esse foi um momento relevante na discussão e revisão do Plano. Têm muitas coisas que precisamos mudar como o Código de Postura – onde os jovens de Apucarana não têm opções de sair, pegam carro e vão para outras cidades, de madrugada, colocando a vida em risco, por um deslize da Lei. Tem que organizar e trazer novos empreendimentos para Apucarana, principalmente na área de entretenimento, de diversão. Outro ponto é a verticalização da cidade, na expansão, têm muitos empresários com investimentos parados e outros querendo investir, temos que rever e autorizar. A bacia do Rio Pirapó é outro ponto que merece atenção; o desenvolvimento da região que vai até a PR 444, uma região que precisa ser industrializada, pois é um eixo de ligação entre Londrina e Maringá, com uma rodovia asfaltada. São tantos pontos, tantas sugestões”, disse Leugi. De acordo com ele, “o Plano Diretor veio para isso e é neste sentido que estamos debatendo e criando ideias novas para que sejam implementadas”.

Humberto Carneiro Leal explicou que a empresa teve como objetivo, ao realizar a reunião com os vereadores, de mobilizar o Legislativo para trabalhar no processo de construção de revisão do Plano Diretor Municipal. “Vamos trabalhar até o final deste ano. Todas as minutas de Lei, dentro do Plano, serão revistas. E também faremos diretrizes e propostas para os próximos 10 anos. E essa participação da Câmara no processo é importante e fundamental”, afirmou. “Ao final faremos uma Conferência Municipal e entregaremos aos vereadores para votação do Plano”.

Segundo Herivelto Moreno, desde o início desta segunda fase, sete reuniões já foram realizadas envolvendo diversos segmentos da cidade.
 

 

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Edhucca

Últimas de Apucarana

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber