Facebook Img Logo
  1. Banner
Mais lidas
Apucarana

Amuvi poderá fazer consórcio para instalação de usina de lixo

.

Reunião da Amuvi realizada em Apucarana
Reunião da Amuvi realizada em Apucarana

A Associação dos Municípios do Vale do Ivaí (Amuvi) poderá implantar uma usina de lixo através de consórcio entre os 26 municípios, em parceria com uma empresa especializada no ramo. O protocolo de intenções foi assinado pelo presidente da associação, prefeito Ylson Álvaro Cantagallo (MDB), o Gallo, de Faxinal, em reunião dos prefeitos realizada na tarde desta sexta-feira, em Apucarana.

Durante o encontro, representantes da empresa Green Tech, com sede em Engenheiro Beltrão, fizeram uma explanação sobre todo o processo de coleta e destinação do lixo tanto orgânico como reciclável, o qual é todo aproveitado através de modernas tecnologias. “Na verdade, nós não somos uma empresa de reciclagem, somos uma empresa de tecnologia e biotecnologia para tratamento de meio ambiente”, explicou o diretor comercial Ney Koch, ao propor a parceria com a Amuvi. Segundo ele, os modernos equipamentos da usina permitem o aproveitamento de todo o lixo, gerando diferentes materiais reaproveitáveis nas indústrias de transformação.

Os custos de funcionamento desta usina ainda serão calculados. Nos próximos meses, representantes da empresa farão levantamento da situação em cada município sobre a quantidade de lixo gerado e sua localização. O levantamento será apresentado em outra reunião.

MUTIRÃO VIÁRIO

A Amuvi também está propondo a criação do mutirão viário para recuperação de estradas rurais. De acordo com o projeto de iniciativa do presidente da associação, prefeito Gallo, os 26 municípios da Amuvi seriam divididos em quatro regiões. Cada município cederia um determinado equipamento (máquinas ou caminhões) para formação desta patrulha rural. Esta ficaria determinado período em cada município, com a Amuvi arcando com o custo do óleo diesel e a prefeitura com a despesa dos operadores. Segundo Gallo, o governador Ratinho Junior (PSD) já se disponibilizou a colaborar com esta patrulha, oferecendo investimentos de até R$ 5 milhões.

A concretização deste mutirão ainda será discutida em outra reunião técnica entre os prefeitos e seus assessores. Isto porque este projeto depende de autorização das câmaras de vereadores e de garantias jurídica e legal.

 

 

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Edhucca

Últimas de Apucarana

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber