Facebook Img Logo
  1. Banner
Mais lidas
Apucarana

'Batalha do 28' promove cultura e educação através do hip hop

.

Rafa na Raça e MC Kito são os incentivadores das batalhas de rap na Praça 28 de Janeiro. Foto: TNOnline
Rafa na Raça e MC Kito são os incentivadores das batalhas de rap na Praça 28 de Janeiro. Foto: TNOnline

Toda semana cerca de 30 jovens se reúnem para uma 'batalha de sangue' realizada na concha acústica da Praça 28 de Janeiro, no centro de Apucarana. Nos encontros não acontece confusão nem briga. São apenas disputas de improviso que promovem cultura e educação através do hip hop. 

Em meio às histórias contadas através da música, estão as emoções e experiências reais dos compositores. "Eu acredito que o hip hop salva vidas porque existem muitos jovens fechados que não encontram uma forma de se expressar e acabam buscando outros meios. No hip hop eles se identificam com as histórias que são contadas nas batalhas", comenta João Victor Bárbaro Proença, o MC Kito, um dos idealizadores do projeto. 

De acordo com ele, a 'Batalha do 28' acontece toda terça e sexta-feira a partir das 19 horas e conta com a participação de 15 MC's que duelam entre si. O grupo realiza os encontros de forma independente e pretende angariar dinheiro para premiar os vencedores dos duelos de rap. 

"A gente pretende comprar livros e acessórios para premiar e incentivar o pessoal a continuar participando das batalhas", comenta MC Kito.

('Batalha do 28' acontece toda terça e sexta-feira a partir das 19 horas, na concha acústica da Praça 28 de Janeiro. Foto: Arquivo pessoal/ MC Kito)

O projeto tem o apoio do escritor e compositor Rafael Ferreira Vieira, o Rafa na Raça, que também participa das disputas. De acordo com ele, a 'batalha de sangue' tem caráter literário, por se tratar de um duelo entre dois poetas. 

"No improviso o participante fala com sagacidade o que ele viveu. E tem que pensar rápido para responder a rima que o outro fez de uma maneira inteligente", explica Vieira. 

Dessa forma, o grupo incentiva a leitura e a busca pelo conhecimento, visando o aperfeiçoamento da arte. "A literatura é essencial para a composição e a leitura é um dos fatores mais importantes dentro do rap. A leitura é a raiz de tudo", destaca MC Kito. 

BATALHA DE CONHECIMENTO
O movimento também promove a 'Batalha do Conhecimento', a cada dois meses na ONG Casa dos Anjos. Segundo Vieira, a ação faz parte do projeto Hip Hop Underground Apucarana (HHUA), com duelos de rap que abordam temas como educação, violência, racismo, preconceito, dentre outros assuntos relevantes. 

"O principal objetivo do projeto é dar mais visibilidade ao trabalho desenvolvido pela Casa dos Anjos que atualmente oferece mais de 20 cursos gratuitos e depende de doações da população", ressalta Vieira. 

Para ajudar a Casa dos Anjos entre em contato pelo telefone 43 99158-2776. 


O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Soprap

Edhucca

Últimas de Apucarana

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber