Facebook Img Logo
  1. Banner
Mais lidas
Apucarana

Prefeitura avalia ações na nascente do Pirapó

.

Foto: Sérgio Rodrigo
Foto: Sérgio Rodrigo

A Prefeitura de Apucarana estuda medidas para manter o legado de preservação iniciado pelo apucaranense Hiroshi Fukumoto, que morreu no último domingo, aos 88 anos. Morador da Rua Desembargador Clotário Portugal, por décadas, ele foi protetor da nascente do Rio Pirapó.

De acordo com o secretário de Meio Ambiente, Sérgio Bobig, apesar da a prefeitura não ter autonomia sobre o imóvel, existe grande interesse em desenvolver um projeto de revitalização e preservação no local.
“Parte do terreno onde está a nascente pertence ao Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac) que já elaborou um projeto de revitalização que foi licenciado este ano pelo Instituto Ambiental do Paraná (IAP)”, comenta.

Nesta segunda-feira (20), o assunto foi discutido durante reunião entre a Secretaria do Meio Ambiente, Conselho Municipal do Meio Ambiente e o prefeito, Junior da Femac. “A única saída seria a aquisição do terreno e o prefeito disse que tem interesse. Será uma forma de dar continuidade ao trabalho louvável que Fukumoto desenvolveu ao longo desses anos preservando uma fonte que abastece mais de 1,5 milhão de pessoas. Ele merece o reconhecimento da cidade e do poder público. É um trabalho digno e bonito pelo meio ambiente”, ressaltou o presidente do Conselho Municipal do Meio Ambiente, Lauro Kuchpil,

Em nota, o prefeito, Junior da Femac, lamentou o falecimento de Fukumoto e salientou que a área será completamente revitalizada e preservada. “O Poder Público dará continuidade à preservação deste espaço, seguindo o exemplo deixado pelo seu Hiroshi Fukumoto que zelou
com carinho e dedicação pela nascente do Rio Pirapó por tantos anos”, frisa Junior da Femac. 

O Rio Pirapó abastece a cidade de Maringá e, devido à proteção da nascente, seu Hiroshi Fukumoto chegou a ser homenageado pela Câmara Municipal de Maringá com a entrega do Brasão do Município e do título do Mérito Comunitário. “O seu Hiroshi Fukumoto deu esta inestimável contribuição ao meio ambiente por décadas, no anonimato. O zelo e dedicação ficaram conhecidos do público com a publicação de uma série de reportagens por veículos de Apucarana, de outros municípios do Paraná e também de outros estados, fazendo com que fosse conhecido como o guardião da nascente do Rio Pirapó”, assinala o prefeito de
Apucarana.

A reportagem não conseguiu falar com a família de Fukumoto. O idoso foi sepultado na manhã desta segunda-feira (20), no Cemitério Cristo Rei.

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Edhucca

Últimas de Apucarana

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber