Tribuna do Norte Online
Saiba Agora
Últimas notícias
    Você está em

    Apucarana

    Câmara aprova o “Programa APRENDE” que visa inserção de jovens no mercado de trabalho

  • Foto por
    Escrito por Redação
    Publicado em 07/05/2019 Editado em 07/05/2019

    Na primeira sessão ordinária do mês de maio, a Câmara Municipal de Apucarana discutiu e aprovou, por unanimidade dos vereadores, os projetos de lei, de autoria do Executivo Municipal, nº 061/2019 que estabelece a exigência de cumprimento do dever legal de contratação de aprendizes – entre 5% e 15% do total do quadro de funcionários – por todas as empresas vencedoras de licitações no município, para fornecimento de obras, serviços e compras de qualquer natureza e, o 062/2019, que cria o APRENDE - Programa de Aprendizagem Profissional no âmbito da administração pública municipal direta, autárquica e fundacional.


    O Aprende visa contribuir com o desenvolvimento escolar, familiar, social e de inserção dos jovens no mercado de trabalho, promovendo a inclusão e garantindo o direito do jovem a profissionalização, como forma de minimizar as dificuldades enfrentadas na busca do primeiro emprego.


    Na prática, o Aprende permite que a prefeitura contrate, na condição de aprendiz, jovens com idade entre 14 e 24 anos, para atuar tanto na administração direta, quanto nas indiretas. A proposição tem bases legais na Lei federal 10.097/2000, no Decreto-Lei nº 5.452, de 1º de Maio de 1943, a Consolidação das Leis do Trabalho CLT, na Lei nº 8.069, de 13 de julho de 1.990, o Estatuto da Criança e do Adolescente – ECA e no Decreto nº 9.579, de 22 de novembro de 2.018, que dispõe sobre o direito à profissionalização dos jovens e regulamenta a contratação de aprendizes.


    Segundo a justificativa do projeto, os jovens além de terem a oportunidade de qualificação e experiência profissional, estarão ajudando na renda de suas famílias, principalmente os mais carentes. “O maior desafio dos jovens hoje é conseguir ser inserido no mercado de trabalho, conseguir o primeiro emprego. Este projeto vem para dar maior oportunidade aos nossos jovens, respeitando


    seus direitos, formando os futuros profissionais deste Município”, alegou o prefeito Junior da Femac. Os projetos foram idealizados pelo diretor do Fórum da Justiça do Trabalho, juiz Maurício Mazur.


    O presidente da Câmara, professor Luciano Molina, ao finalizar a votação destacou que já havia conversado, na Câmara, com o Dr. Maurício Mazur sobre os projetos. “Ele já havia me procurado e me repassado a ideia. Tem meu apoio, são excelentes projetos que irão colaborar para a inserção dos jovens no mercado de trabalho. É isso que precisamos na nossa cidade, no nosso Estado e no nosso País. Iniciativas como estas são sempre bem-vindas e os vereadores já estão aprovando os projetos”, informou o professor Molina.


    TERMO DE CONVÊNIO


    Ainda na sessão, foram aprovados dois projetos de decretos legislativos referendando concessão de empréstimo/financiamento, consignado em folha de pagamento, firmando entra a Autarquia Municipal de Educação, Prefeitura Municipal e o Banco Bradesco. E a abertura de crédito adicional suplementar no valor de R$ 1.700.000,00 no orçamento vigente do Município. O crédito será utilizado para a compra do restante do uniforme escolar.


    Também foi aprovado em segunda votação do projeto de lei que concede o Título de Cidadão Honorário de Apucarana, ao apresentador Carlos Roberto Massa, o Ratinho. De autoria dos vereadores Franciley Preto Godoi, Poim, Rodolfo Mota e José Airton Deco de Araújo, o projeto foi questionado pelo vereador Edson Freitas que, mesmo manifestando seu voto favorável ao projeto, lembrou que um projeto igual foi aprovado em 2006. O vereador questionou se a Lei foi promulgada, sancionada ou não. Caso tenha sido, basta fazer a entrega da honraria ao homenageado. A assessoria jurídica deverá emitir um parecer na próxima sessão, a pedido do presidente Molina.


    REQUERIMENTOS


    Finalizando, foram aprovados três requerimentos sendo um de autoria do vereador Antônio Carlos Sidrin, que pede informações a Secretaria de Estado da Segurança Pública do Paraná sobre a viabilidade da colocação de banheiros químicos e a instalação de um aparelho de Raio-X no Mini Presídio do Município de Apucarana. Segundo o vereador, o aparelho de Raio-X viria dar mais dignidade aos visitantes ao adentrarem as dependências do Mini Presídio, pois a revista íntima é algo muito constrangedora.


    O segundo requerimento do vereador Antônio Marques da Silva pedindo informações ao DER se existe algum projeto aprovado visando a construção de uma segunda saída do Distrito de Vila Reis e o terceiro requerimento do presidente professor Molina, dirigido ao Gerente Regional da Sanepar, pedindo informações sobre o cronograma da implantação da rede de esgotos na Rua Canela e imediações, no Recanto dos Palmares.


    SESSÃO ORDINÁRIA


    A próxima sessão ordinária será na segunda-feira (13/05), às 16 horas. Antecedendo a sessão, o presidente irá fazer a prestação de contas referente ao mês de abril de 2019.

    Quadro de artista participou de exposição em Dubai

    Quadro de artista participou de exposição em Dubai

    TNTV

    Quadro de artista participou de exposição em Dubai

    Inscreva-se na nossa newsletter

    Notícia em primeira mão no início do dia, inscreva-se agora!

    Deixe seu comentário sobre: "Câmara aprova o “Programa APRENDE” que visa inserção de jovens no mercado de trabalho"

    O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

    Principais matérias