Facebook Img Logo
  1. Banner
Mais lidas
Apucarana

Empresa é alvo de estelionatários em Apucarana; vítima teve prejuízo de R$ 14 mil

.

Uma empresária procurou a Polícia Civil após ser alvo de estelionatários, em Apucarana. A proprietária da Borracharia Prudentina, Josiane Mitiko Nishi, 41 anos,  descobriu que teve o e-mail hackeado e o número de celular transferido para outra conta. Com telefone e dados pessoais da empresa, os criminosos conseguiram entrar em contato com fornecedores para realizar compras. O prejuízo de uma das vítimas chegou a R$ 14 mil.

Logo que descobriu o golpe, empresária alertou todos os seus fornecedores e decidiu entrar em contato com o TNOnline, nesta quarta-feira (17), para alertar os comerciantes em geral. Ela conta que tudo começou há duas semanas, quando recebeu a ligação de um suposto vendedor de pneus, de uma empresa de Londrina. "Ele pediu meu número de celular e o e-mail da empresa para enviar uma tabela de preços e eu passei", informou.

Nos dias seguintes a empresária passou a ter problemas com seu número de telefone. "Eu sempre trabalho com o whatsapp logado no computador e naquele dia fui entrar e a conexão havia sido encerrada e eu não consegui mais usar no computador e nem no celular", comenta. 

Em contato com a operadora de telefonia Josiane descobriu que sua conta havia sido transferida para outro nome e que não tinha mais acesso ao número. "Cheguei a procurar o Procon pensando que se tratava de um problema com a operadora. Foi quando dois fornecedores, de Londrina e Marialva, entraram em contato com meu marido e disseram que receberam mensagens do meu whatsapp solicitando compra de pneus e a retirada seria feita do local", conta. 

Imediatamente, o casal começou a avisar os fornecedores sobre o que estava ocorrendo, até descobrirem que um deles já havia feito a entrega de produtos aos estelionatários, sofrendo um prejuízo de R$ 14 mil. 

"Eles estão tentando comprar até em lojas que eu nunca comprei, pois a borracharia está há 19 anos no mercado, é uma empresa idônea. Por isso pedi para colocarem um alerta no CNPJ da loja informando que estava sendo usado por estelionatários", conta.

A Polícia Civil instaurou inquérito para apurar o caso. Conforme a investigação, o atual titular da conta telefônica possui vários antecedentes criminais por estelionato. 


O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Soprap

Edhucca

Últimas de Apucarana

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber