Policial militar é preso suspeito de comercializar armas de fogo - TNOnline
Mais lidas
Ver todos

    Apucarana

    Policial militar é preso suspeito de comercializar armas de fogo

    Segundo a Polícia Civil, o PM estaria envolvido com o comércio ilegal de armas de fogo. Foto: Reprodução/ Polícia Civil
    Foto por
    Escrito por Cindy Santos
    Publicado em Editado em
    Associe sua marca ao jornalismo sério e de credibilidade, .

    Dois homens foram presos durante a Operação Vitium da Polícia Civil, deflagrada nesta terça-feira (16), em Apucarana e Faxinal. Um dos suspeitos é policial militar da 6ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM) de Ivaiporã e estaria envolvido com o comércio ilegal de armas de fogo. 

    Segundo o delegado Ricardo Mendes, as investigações apontam que o soldado da PM tem relação direta com um traficante preso na primeira fase da operação, em Faxinal. Durante buscas em um sítio, a polícia encontrou grande quantidade de armas que supostamente pertencem ao policial militar. 

    "O policial e o traficante estariam associados no comércio ilegal de armas de fogo e munições", afirma o delegado. 

    Na manhã de hoje foi cumprido mandado de busca e apreensão na casa do PM, em Apucarana, onde foram encontradas munições de calibre .40 e uma espingarda de pressão adaptada para calibre 22. De acordo com Mendes, o policial responde um processo administrativo e estava afastado de suas funções na 6ª CIPM. "Quem tem problema administrativo não poderia portar esse tipo de munição", observa. 

    Por conta dos indícios o PM foi preso em flagrante e encaminhado ao 10º Batalhão de Polícia Militar (BPM). A assessoria de imprensa do batalhão informou que a Justiça arbitrou fiança ao policial que foi liberado após pagamento. 

    OPERAÇÃO VITIUM
    Ao todo foram cumpridos sete mandados de busca e apreensão durante a ação. Em um dos alvos e Faxinal, a polícia encontrou três espingardas de pressão, uma delas com mira, 4 coldres (suporte para carregar arma de fogo), munições de calibre 22, R$ 5 mil em dinheiro, joias e celulares de origem suspeita. Um homem de 43 anos foi preso em flagrante e encaminhado à delegacia. 

    Em outra casa a polícia apreendeu dinheiro e anotações que indicam que o suspeito está envolvido com contrabando. "Não foi preso porque não achamos os objetos, mas o conteúdo do celular indica que ele é contrabandista de cigarro em Faxinal", comenta o delegado. 

    A ação batizada de ‘Vitium’ - vício em latim - foi desencadeada para combater o tráfico de drogas em Faxinal e região. De acordo com Mendes, todos os suspeitos investigados estão interligados de alguma maneira. No total, 19 pessoas foram presas nas três fases da operação.

    Gostou desta matéria? Compartilhe!
    TNTV
    TNTV

    Como reestruturar e garantir a sobrevivência do meu negócio?

    Deixe seu comentário sobre: "Policial militar é preso suspeito de comercializar armas de fogo"

    O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.