Facebook Img Logo
  1. Banner
Mais lidas
Apucarana

Bebê tem cirurgia cancelada pelo Cisvir e mãe reclama de demora

.

Foto: Tribuna do Norte
Foto: Tribuna do Norte

A pequena Maria Luíza, de apenas três meses, estava pronta para entrar na sala de cirurgia, na manhã desta terça-feira (9), no Hospital da Providência Materno Infantil, em Apucarana, para operar hérnias bilaterais, quando a família recebeu a notícia que o procedimento estava cancelado. A denúncia foi feita pela mãe da criança, a fisioterapeuta Cristiane Gonçalves. De acordo com ela, a cirurgia agendada pelo Consórcio Intermunicipal de Saúde do Vale do Ivaí e Região (Cisvir) foi cancelada três vezes e a criança está sofrendo com muitas dores diariamente. 

"Minha filha nasceu prematura, com 36 semanas. Surgiram três hérnias, duas na virilha e uma no umbigo. Ela chora muito em consequência da dor", conta Cristiane. 

Segundo ela, a cirurgia seria realizada em 25 de fevereiro, mas foi adiada para a primeira semana de abril. Dias antes do procedimento, Cristiane foi avisada a data precisava ser remarcada para 9 de abril. 

"Ontem (segunda-feira) a secretária do médico me ligou e disse que estava tudo certo para a cirurgia. Ela falou o horário que era para levar a neném no hospital e eu fui", conta. 

Cristiane disse que a criança chegou a ser internada no hospital e preparada para a cirurgia, quando foi avisada sobre o cancelamento. 

"Minha filha grita dia e noite por causa de dor. Meu medo é demorar demais e a situação ficar pior", reclama. 

De acordo com ela, havia mais duas crianças internadas no hospital com cirurgia agendada com o mesmo médico. 

AGENDA SUSPENSA
A assistente social do Cisvir, Letícia Cristina Bento, esclarece que o cirurgião pediatra responsável pela criança suspendeu a agenda de atendimentos temporariamente. Ela explica que o médico também atende em Londrina e que precisou remarcar as cirurgias por conta da alta demanda de atendimentos na outra cidade. 

"É importante destacar que ele não é concursado e recebe conforme os atendimentos. Então esse mês ele não vai receber salário", afirma.

Letícia também afirma que todos os pacientes atendidos foram avisados e que os procedimentos serão remarcados. "Não são casos urgentes, pois o Cisvir atende apenas casos eletivos. Urgência e emergência são atendidos na Upa e no hospital", reitera. 

Às 18 horas, a Tribuna recebeu a informação de que o Cisvir marcou a cirurgia de Maria Luiza para este sábado (13). 

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Soprap

Edhucca

Últimas de Apucarana

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber