Facebook Img Logo
  1. Banner
Mais lidas
Apucarana

Publicação leva orientação sobre atendimento médico às gestantes

.

As cerca de 1,2 mil mulheres atendidas mensalmente na Escola da Gestante de Apucarana passaram a contar recentemente com novo suporte para garantia de uma gravidez segura. Resultado de trabalho de médicos, enfermeiros e residentes de enfermagem obstétrica as gestante estão recebendo um folder intitulado “orientações para todas as fases da gestação”.

“Essas orientações consistem relacionar as queixas mais comuns em uma gestação e informar onde buscar atendimento médico para sintoma específico”, explica a diretora da Escola da Gestante, Maria Aparecida Moreira. No caso de sangramento pequeno, por exemplo, a orientação é buscar sempre uma Unidade Básica de Saúde; dores para urinar, também procurar uma UBS e nos finais de semana e feriados recorrer ao UPA.

Além das orientações em geral, o folder da Escola da Gestante traz especificações de três fases da gestação. A do primeiro trimestre orienta as futuras mamães a buscar atendimento na UBS em caso de vômito, dor abdominal (cólicas leves) e sangramento.

A do segundo trimestre reforçam a mesma orientação, mas observam que em casos de contrações, endurecimento abdominal com dor a indicação é para procurar o Hospital da Providência Materno Infantil, onde também se deve buscar atendimento em caso de sangramento moderado ou grande. A recomendação geral, no entanto, é de que a gestante procure primeiramente uma UBS.

Já no terceiro trimestre, a perda de líquido em pequena quantidade pode ser resolvida na UBS, mas em grande quantidade é caso para o atendimento na maternidade do Providência. “Esses são apenas alguns exemplos das situações recorrentes a uma gravidez que constam no ‘manual de orientações’ que estamos distribuindo as gestantes. Assim elas sabem como proceder, sem perda de tempo, ao vivenciar alguns dos sintomas”, observa Maria Aparecida.

Ela explica que os atendimentos prestados na Escola da Gestante se comparam ao de uma clínica, onde a mulher grávida é atendida com agendamento para realização do pré-natal. “Por isso, achamos importante reforçar as informações sobre a assistência médica que possa ser necessária durante toda a fase de gestação”, reitera Aparecida.

Atendimentos complementares

Além de todo acompanhamento do pré-natal, a Escola da Gestante de Apucarana também oferta o exame preventivo do câncer do colo do útero para mulheres grávidas que não estão com o exame em dia e encontram dificuldade de comparecer a uma Unidade Básica de Saúde (UBS) para realizar o procedimento.

Direcionados as gestantes a partir da 13ª semana de gravidez, os exames preventivos são realizados pelas profissionais da Residência em Enfermagem Obstétrica da Autarquia Municipal de Saúde (AMS) e enfermeiras da Escola da Gestante.

Ainda é disponibilizado na Escola o serviço de inserção do DIU (Dispositivo Intrauterino) de cobre, um método contraceptível, para mulheres que continuam sendo atendidas no local, no período pós-parto.

Nas consultas pós-parto, o método prevenção da gravidez é oferecido às mulheres e as que manifestam interesse são agendadas para uma primeira consulta para avaliação e esclarecimentos sobre o uso do DIU.

O prefeito Junior da Femac destaca que a criança é um dos grupos prioritários no atendimento da saúde pública municipal, incluindo a fase da gestação. “A Escola da Gestante realiza um trabalho de grande eficácia para a garantia da saúde das mamães e dos bebês. Vamos investir ainda mais para não só manter, mas aumentar ainda mais a qualidade do serviço prestado”, afirma Junior.

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Edhucca

Últimas de Apucarana

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber