Facebook Img Logo
  1. Banner
Mais lidas
Apucarana

Programas de residências da Autarquia de Saúde iniciam novas turmas

.

Com 29 alunos de Minas Gerais, São Paulo, de Apucarana e outras cidades da região, foi realizada hoje a aula inaugural da 4ª turma do Programa de Residência Multiprofissional e a 2ª turma da Residência Médica com especialidade em dermatologia da Autarquia Municipal de Saúde (AMS) de Apucarana. No evento, realizado no pólo da Universidade Aberta do Brasil (UAB), com a participação do prefeito Junior da Femac, foi destacada a importância e a efetiva contribuição dos residentes para melhoria da qualidade do atendimento na rede pública de saúde do município.

“Sejam todos bem vindos. Os residentes participam de uma organização de excelência que se empenha muito no que faz e vocês agora fazem parte dessa equipe. Nós acreditamos que é possível fazer uma saúde pública de qualidade com profissionais capacitados, planejamento e um acolhimento especial e humanizado dos pacientes. A atuação dos residentes tem sido essencial para atingirmos esse objetivo”, afirmou Junior da Femac.

O diretor presidente da AMS, Roberto Kaneta, disse que residência gera saber que é utilizado no enfrentamento de enfermidades, cobertura vacinal, redução de filas nas especialidades, como no caso de dermatologia, bem como da fila do UPA. “Os residentes podem e estão agindo para construção do processo de melhoria da saúde no nosso município”, avaliou Kaneta.

Os 29 residentes que iniciaram as aulas hoje foram aprovados na seleção pública realizada em dezembro do ano passado. A aula inaugural teve a palestra proferida pela enfermeira e ex-professora da Universidade Estadual de Londrina, Rossana Baduy, que abordou o tema “Desafios da formação para o SUS nos dias de hoje”.

A coordenadora da Comissão de Residência Multiprofissional da AMS, Franciele Nogueira Smanioto, detalhou que o Programa de Residência Multiprofissional em Atenção Básica recebeu hoje 18 residentes, entre os quais enfermeiros, profissionais de Educação Física, fisioterapeutas, nutricionistas, odontólogos e psicólogos. Já no Programa de Residência em Enfermagem Obstétrica são 3 residentes enfermeiros, e no Programa de Residência Multiprofissional em Saúde Mental, iniciaram 6 residentes entre assistentes sociais, enfermeiros e psicólogos.

O Programa de Residência Médica, por sua vez, são dois novos residentes, na especialidade de dermatologia. Os novos residentes, a exemplo dos 28 profissionais que fazem parte da residência multiprofissional e médica 2018, vão atuar na rede pública de saúde como Unidade de Pronto Atendimento (UPA), Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), Unidades Básicas de Saúde (UBSs) na Autarquia Municipal de Saúde, Cisvir, Hospital da Providência e Hospital Materno Infantil. Eles têm direito a uma bolsa/remuneração mensal de R$ 3.330,43, paga pelo Ministério da Saúde.

Programas entram no 4º ano

O credenciamento dos programas de residência médica e multiprofissional pela Autarquia Municipal de Saúde, junto ao governo federal, foi oficializado em 2016. Ainda naquele ano, 27 profissionais na Residência Multiprofissional e um na Médica iniciaram a pós-graduação de dois anos, com carga horária de 60 horas semanais, sendo 48 horas de trabalho de campo e 12 horas de estudos.

Em 2018 e 2019 já aconteceram as de 1ª e 2ª turma, respectivamente, dos programas de residência multiprofissional.  Apucarana é um dos poucos municípios que disponibiliza residência multiprofissional e médica no Paraná, o que tornou o município um polo de formação de profissionais da área da saúde.

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Soprap

Edhucca

Últimas de Apucarana

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber