Facebook Img Logo
  1. Banner
Mais lidas
Apucarana

Autorizada ampliação da Capela Mortuária

.

Construída na década de 90, a Capela Mortuária Central de Apucarana passará por uma ampla reforma e ampliação. A ordem de serviço foi assinada ontem no gabinete municipal, pelo prefeito Júnior da Femac (PDT). O investimento é na ordem de R$552,6 mil de recursos municipais. Na solenidade, foi anunciada a construção da sede própria da Autarquia dos Serviços Funerários de Apucarana (Aserfa).

Elaborado pela prefeitura, o projeto prevê reforma dos 550 metros quadrados de construção existentes e ampliação de 160 metros quadrados, com a construção de uma sala com capacidade para até dois velórios simultâneos, copa, área para descanso e banheiros com acessibilidade. Atualmente, a capela central conta com quatro salas para esse fim. “Esta é uma obra pensada com muito carinho pela gestão do ex-prefeito Beto Preto para atender com mais conforto às famílias apucaranenses no momento mais difícil para todos nós, que é a hora em que perdemos um ente, e também a todos os funcionários e religiosos que atuam no local para amenizar a dor humana”, assinalou. 

Além da ampliação, a reforma prevê troca de piso, janelas, revisão de toda a rede elétrica, hidráulica e de esgoto, reforma de banheiros e telhado (eliminação de infiltrações). A área externa também receberá revitalização. A responsável pela execução dos serviços será a empresa Pires Construções e Empreendimentos Ltda, de Apucarana. As obras devem durar cerca de 180 dias. 

“O dinheiro já está reservado há bastante tempo. Só iniciamos uma obra quando o dinheiro está disponível na conta, ao contrário do que ocorria no passado”, disse o prefeito, agradecendo aos vereadores por aprovarem o orçamento municipal. “Agradeço aos nove vereadores que apoiam o mandato, pois de nada adiantaria termos os recursos se não tivéssemos a aprovação para aplicá-los”, assinalou o prefeito, salientando que assim que a obra estiver pronta também já autorizou a instalação de equipamentos de ar-condicionado.O diretor-presidente da Aserfa, Marcos Bueno, lembrou que Apucarana detém o monopólio dos serviços funerários desde 1989. “A municipalização foi uma decisão de proteção para o cidadão e algo que temos que valorizar muito. São poucas as cidades do Brasil que oferecem essa proteção, que se traduz em serviços de baixo custo. Onde isto não existe, o que acontece muito é famílias constrangidas em um momento muito difícil, diante do grande valor cobrado pela preparação do corpo, velório e sepultamento”, contextualizou. Participaram do ato, o presidente da Câmara Municipal de Vereadores, Luciano Molina, acompanhado dos vereadores Francylei “Poim” Godoi, Antônio Carlos Sidrim, Gentil Pereira e Marcos da Vila Reis, além de lideranças comunitárias e religiosas, servidores da Aserfa e secretários municipais. 

Aserfa terá sede própriaApós assinar a ordem de serviço autorizando a reforma e ampliação da Capela Mortuária Central, o prefeito Júnior da Femac anunciou que em breve será licitada a construção da sede própria da Autarquia dos Serviços Funerários de Apucarana (Aserfa). Desde sua criação, em 1989, a instituição funciona em imóvel alugado. “Onde ela está hoje não condiz com sua importância, por isso vamos investir mais cerca de R$800 mil, com recursos próprios, para viabilizar sua sede definitiva”, disse Júnior. O local escolhido para a edificação fica junto à capela mortuária central. 

“Além desta obra de reforma e ampliação, tenho em mente uma série de outras melhorias para este espaço, que logo também abrigará a sede própria da Aserfa”, comentou o prefeito. Entre as melhorias está a readequação do espaço para ampliar vagas de estacionamento. Outro investimento anunciado na solenidade foi a reforma da capela mortuária do Distrito de Pirapó. “Este projeto também está em elaboração e logo iremos licitar”, revelou Júnior da Femac. As melhorias devem absorver cerca de R$150 mil, também em recursos próprios.

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Soprap

Edhucca

Últimas de Apucarana

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber