Facebook Img Logo
  1. Banner
Mais lidas
Apucarana

Furto de fiação elétrica prejudica atendimento na CMEI do Colonial

.

A ação de ladrões no Jardim Colonial está colocando sob risco o funcionamento do Centro Municipal de Educação Infantil (CMEI) Geralda Bormaita. O prédio foi arrombado por duas vezes nos últimos dias e teve furtada toda a fiação elétrica, além de outros prejuízos. Por conta do furto, o fornecimento de energia no prédio está sendo feito de forma emergencial.

O prefeito Junior da Femac e a secretária de educação, Marli Fernandes, se manifestaram ontem indignados com esta situação. “Se não houver uma estiagem fica inviabilizada a continuidade dos serviços de recuperação do sistema elétrico do prédio. Existe a possibilidade de sermos obrigados a suspender as atividades do CMEI por alguns dias”, lamenta a secretária. 

O prefeito Junior da Femac lamenta que ladrões prejudiquem não só o município, mas também as mães que precisam trabalhar e deixam seus filhos sob os cuidados das nossas professoras e assistentes infantis. “É inadmissível que até as creches sejam alvos de marginais, prejudicando a manutenção de serviços tão importantes para a comunidade”, lamentou Junior, acrescentando que está pedindo rigor à polícia nas investigações. 

Entre fios, equipamentos elétricos e de monitoramento, o prejuízo estimado é de R$ 40 mil. A Autarquia Municipal de Educação esclarece que, devido a dois furtos consecutivos da fiação elétrica e a destruição do sistema de câmeras de monitoramento - sendo o último registrado a oito dias -, o CMEI Geralda Bormaita, no Jardim Colonial, está atendendo de maneira improvisada. Para evitar que as crianças ficassem sem atendimento, foram providenciadas ligações temporárias na cozinha, refeitório e banheiros. 

“Somente as salas de aula permanecem com luz natural, mas as crianças estão muito bem atendidas”, assegura Marli Fernandes.Segundo a secretária, equipes de eletricistas da prefeitura e da Autarquia Municipal de Educação trabalham juntas, em regime de urgência, para refazer toda a instalação elétrica do prédio. “As persistentes chuvas estão atrasando a execução dos serviços e se não houver uma estiagem, talvez seja preciso suspender as atividades do CMEI por alguns dias”, pondera a secretária. 

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Edhucca

Últimas de Apucarana

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber