Facebook Img Logo
  1. Banner
Mais lidas
Apucarana

Apucarana reivindica GNV e gás natural da Compagas

.

​  Empresa já tem levantamento de demanda na cidade e o pedido foi reforçado pelo prefeito Junior da Femac. (Foto: divulgação)
​ Empresa já tem levantamento de demanda na cidade e o pedido foi reforçado pelo prefeito Junior da Femac. (Foto: divulgação)

Apucarana quer disponibilizar GNV para carros e gás natural para caldeiras de empresas em seus parques industriais. O tema foi discutido nesta segunda-feira (25/02), em Curitiba, durante audiência mantida pelo prefeito Junior da Femac, com o presidente da Companhia Paranaense de Gás (Compagas), Rafael Lamastra Junior.

Conforme argumenta o prefeito, a Compagas busca aumentar a oferta do gás natural em todas as regiões do Estado. “Um levantamento preliminar da companhia mostrou que Apucarana tem dezenas de indústrias que hoje utilizam o gás liquefeito de petróleo (GLP) ou lenha, e que poderiam passar a utilizar o gás natural”, lembrou Junior da Femac.

Segundo ele, além das indústrias, os proprietário de veículos também poderiam passar a dispor da opção do GNV como combustível. “Estamos nos colocando à disposição da Compagas, para ajudar na concretização deste projeto. Precisamos ter mais opções de fonte de energia.

Junior da Femac assinala que o GLP tem seu valor atrelado ao petróleo e, nestas condições, o gás natural seria uma ótima opção de energia. “Quanto aos carros, o GNV é altamente competitivo, pois com apenas R$ 40,00 um veículo tem um autonomia de até 250 km”, comenta o prefeito.

O presidente da Compagas, Rafael Lamastra Junior, confirmou que a empresa está formatando seu plano de expansão e que já existe estudo sobre a demanda de Apucarana. “A partir do interesse manifestado pelo prefeito vamos providenciar novos levantamentos de demanda em visitas ao município”, anunciou Lamastra. Participaram da reunião com o prefeito de Apucarana, Junior daFemac, e o presidente da Compagas, Rafael Lamastra Junior; o diretor Alexandre Lima; o superintendente Rafael Longo; e os técnicos Mauro Melara, Guilherme Bedene e Fabiana Júlio.

Neste ano de 2019, a Companhia Paranaense de Gás (Compagas), responsável pela distribuição de gás natural no Paraná, planeja investir aproximadamente R$ 20 milhões na saturação dos mercados residencial, comercial e industrial e em obras que garantam a integridade da rede de gás natural.

Atualmente com uma rede de distribuição de mais de 820 km de extensão, a companhia tem como meta aumentar sua participação nos municípios que já contam com o gás natural, que são dezesseis no total. Além de direcionar esforços para fomentar o mercado já existente, a proposta e atender novas praças, contribuindo com a oferta de gás natural e de seu uso como matriz energética.

Companhia Paranaense de Gás, é uma empresa de economia mista, tendo como acionistas a Companhia Paranaense de Energia (Copel), com 51% das ações, a Petrobrás Gás S.A (Gaspetro) com 24,5% e a Mitsui Gás e Energia do Brasil Ltda, com 24,5%.

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Soprap

Edhucca

Últimas de Apucarana

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber