Facebook Img Logo
  1. Banner
Mais lidas
Apucarana

Trecho do antigo lixão ao Contorno Norte será asfaltado

.

Cerca de 620 metros lineares ainda não pavimentados da Estrada Antônio José de Oliveira, em trajeto do antigo lixão até a ligação com o Contorno Norte, serão agora asfaltados pela Prefeitura de Apucarana. A autorização para o início das obras de drenagem de água pluvial e pavimentação em concreto betuminoso usinado a quente (CBUQ) foi assinada nesta quinta-feira (21/02), em solenidade no gabinete municipal, pelo prefeito em exercício Júnior da Femac. Os recursos para a obra, na ordem de R$322.530,00, foram viabilizados pelo deputado Federal Aliel Machado, com intermediação do vereador Lucas Leugi.

A execução será de responsabilidade da empreiteira Romo Pavimentadora Ltda, de Apucarana, vencedora do processo licitatório. Os serviços devem ter início dentro de 15 dias e durar cerca de dois meses. Júnior da Femac lembrou que a via já é pavimentada no trecho que vai do Jardim Figueira e da Colônia dos Novos Produtores até o antigo lixão da cidade. “Agora, será concluída a ligação asfáltica até o Contorno Norte, no acesso à Comunidade Rural do Barreiro. Uma benfeitoria bastante cobrada, que agora vai beneficiar não só os produtores e moradores rurais desta região, mas também as pessoas que buscam o lazer, uma vez que trata-se de uma localidade próspera em empreendimentos como pesque-pagues e chácaras”, relatou o prefeito em exercício, lembrando que a Diocese e a prefeitura atuam na revitalização do Parque Eco-religioso da Redenção, que deve ser reativado em breve e demandará ainda mais trânsito para a estrada.

Durante a execução da obra, o trecho estará interditado para o trânsito e a opção mais viável para quem precisar acessar propriedades no Barreiro será através do Contorno Norte. “Pedimos mais esse tempo de paciência para quem precisa utilizar diariamente esta estrada. É para uma boa causa”, assinalou o prefeito em exercício, que explicou aos presentes o porquê da obra não ter sido feita antes. “Hoje retiramos dos cofres da prefeitura R$1,7 milhão todos os meses para pagar dívidas deixadas por ex-prefeitos. Nenhum centavo foi feito pela gestão Beto Preto. Esse valor representa seis obras desta que estamos liberando agora na estrada para o Barreiro. Por isso não fizemos essa obra antes. Devido ao endividamento deixado por gestores que passaram pela prefeitura e que não tiveram nenhum compromisso com a cidade. Anunciavam obras só para enrolar a população, sem ter dinheiro em caixa. Não é assim que funciona na gestão Beto Preto. Só autorizamos uma obra quando temos assegurado os recursos, como é neste caso, o dinheiro já está na conta da prefeitura”, pontuou Júnior da Femac, agradecendo ao vereador Lucas Leugi pela busca da emenda junto ao Deputado Aliel Machado. “Também agradeço aos vereadores da base, aqui representados pelo Lucas Leugi, Marcos da Vila Reis e Gentil Pereira, que referendaram a liberação da verba para este projeto. Apucarana hoje está unida e quando há união tudo vai para a frente”, concluiu Júnior.

O vereador Lucas Leugi contou que a ideia de direcionar os recursos para o trecho surgiu em agosto do ano passado. “Em uma reunião com o prefeito Beto Preto e o Júnior informei do compromisso do deputado Aliel em ajudar Apucarana e que os recursos estavam disponíveis. Foi neste momento que definimos por atender aos usuários desta importante estrada. Além de ser uma reivindicação muito forte dos moradores do Barreiro e demais usuários, este trecho é mais uma entrada da cidade, que agora ficará completamente asfaltada”, assinalou Leugi. Ele salientou que a gestão do prefeito Beto Preto e Júnior da Femac levaram muitos avanços para a região, como a pavimentação com pedras poliédricas dos cinco quilômetros da estrada rural entre a sede da Comunidade Rural do Barreiro e o Contorno Norte.

A solenidade contou com a presença de grande número de usuários da estrada. O presidente da Associação de Moradores da Comunidade Rural do Barreiro, Zacarias Baganha, agradeceu mais um investimento da prefeitura na região. “Diante de mais essa obra a palavra só pode ser de agradecimento. Sempre fomos muito bem atendidos pelo Beto Preto e pelo Júnior da Femac”, disse.

Monsenhor Roberto Carrara, que acompanha de perto das obras de revitalização do Parque Eco-religioso da Redenção, também comemorou o investimento. “Essa obra vai nos ajudar muito. Realmente não é fácil transitar por este trecho. Em dias secos é a poeira, quando chove é barro e fica praticamente impossível passar com segurança. Sem contar que a sua execução vai atender também o turismo religioso. Em breve o parque estará reaberto e muitas pessoas vão utilizar essa estrada para ter acesso a ele”, comentou.

Segundo o secretário de Obras, Herivelto Moreno, o projeto prevê a pavimentação asfáltica de nove metros de largura, por 620 metros de extensão, totalizando 5.394 metros quadrados. “Também estão inclusos no projeto a drenagem de águas pluviais e meio-fio em 1.240 metros lineares”, complementa o secretário.


O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Edhucca

Últimas de Apucarana

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber