Facebook Img Logo
  1. Banner
Mais lidas
Apucarana

“Santos Dumont” pode se tornar colégio militar

.

Comandante geral da Polícia Militar do Paraná (PM/PR), coronel Péricles de Matos, aceitou o convite para conhecer as instalações do colégio. Foto: Divulgação
Comandante geral da Polícia Militar do Paraná (PM/PR), coronel Péricles de Matos, aceitou o convite para conhecer as instalações do colégio. Foto: Divulgação

O Colégio Estadual Alberto Santos Dumont foi sugerido pelo prefeito em exercício Júnior da Femac para sediar o primeiro colégio militar da cidade. O pedido de implantação de uma unidade em Apucarana, que segundo Júnior também é um anseio de grande parte da população, já foi protocolado pela prefeitura junto ao Governo do Paraná. Aproveitando sua estada em Apucarana, quando inaugurou o canil do 10º Batalhão da Polícia Militar do Paraná (10º BPM), o comandante geral da Polícia Militar do Paraná (PM/PR), coronel Péricles de Matos, aceitou o convite para conhecer as instalações do colégio.

Na ocasião, coronel Péricles afirmou que a solicitação de Apucarana será avaliada assim que o planejamento para a implantação de novas escolas militares for iniciado, com a devida supervisão do governador Ratinho Júnior. “Estou a apenas três semanas à frente do comando geral da PM. A segurança pública é algo bastante complexo e a parte da educação dirigida por militares é apenas um de vários aspectos de um grande planejamento que estamos realinhando juntamente com o governador Ratinho Júnior. Conhecer a estrutura do colégio aqui de Apucarana foi importante, pois para estabelecer um colégio militar em um município levamos em conta inúmeros aspectos técnicos, tais quais vocação local, necessidade, população e número de alunos a serem atendidos”, citou coronel Péricles de Matos, assinalando que o governo também já recebeu solicitações de outras cidades. “Certamente o pedido de Apucarana vai estar na mesa e será apreciado pelo comando e pelo governador em momento oportuno”, explicou o comandante geral da PM/PR. Se for transformado em colégio militar, a instituição passaria a ser dirigida e coordenada por militares, mas manteria o professorado e demais funcionários de carreira da educação estadual.

Uma instituição de grande porte, o “Santos Dumont” pertencente ao Núcleo Regional de Educação (NRE) de Apucarana e conta com mais de mil alunos matriculados em turmas nos turnos matutino, vespertinos e noturno. Além do ensino fundamental e o ensino médio, o colégio também oferece atualmente cursos profissionalizantes gratuitos.
Estruturalmente, o colégio conta com 20 salas de aulas cada uma com TV pendrive, ginásio de esportes, quadra de esportes descoberta, biblioteca, laboratório de química e ciências, laboratório de informática, cantina, refeitório, auditório, cozinha e ala administrativa.

“O “Santos Dumont” é um colégio emblemático de Apucarana, localizado bem no centro e temos recebido muitos pedidos da comunidade para que seja transformado em um colégio da Polícia Militar. Há poucos dias estive em Curitiba e oficiei a solicitação junto ao Chefe da Casa Civil, Guto Silva, que já repassou ao governador Ratinho Júnior, e agora já estamos tendo a oportunidade de receber o comandante Péricles de Matos para conhecer de perto a estrutura do local. Tenho a certeza de que está levando uma boa impressão e não tenho dúvidas de que Apucarana será lembrada quando iniciar o planejamento citado”, disse Júnior da Femac, prefeito em exercício Júnior da Femac. De acordo com ele, a instituição continuaria aberta a toda população. “Para cá viriam alunos de toda a cidade, bem como filhos e filhas de militares que desejassem estudar no colégio, que seguiria o rito da polícia militar”, comentou.

Durante a visita, Júnior esteve acompanhado da esposa Carmen Izquierdo Martins, que foi aluna do Colégio da Polícia Militar de Curitiba. “Tenho dentro de casa relatos da experiência de alguém que estudou em uma instituição da PM e, com base nesse exemplo, só tenho que recomendar e desejar que Apucarana conquiste uma unidade”, disse Júnior. De acordo com ele, uma vez em atividade, o colégio militar seria referência para os demais. “Acredito que seria um referencial, os outros colégios estaduais da cidade iriam ser influenciados, acompanhariam e replicariam as novas práticas no seu dia a dia, em uma corrente do bem”, disse o prefeito em exercício, citando como alguns dos pontos positivos de uma unidade militar a promoção da disciplina entre os alunos, o respeito aos professores e zelo pelo patrimônio público.

Presenças – Além de secretários municipais, acompanharam a visita às dependências do Colégio Estadual Alberto Santos Dumont o comandante do 10º Batalhão da Polícia Militar do Paraná (10º BPM), Major Roberto Cardoso, e os vereadores Marcos da Vila Reis, Francisley Poim Godoi, Rodolfo Mota, Lucas Leugi e Gentil Pereira.


O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Edhucca

Últimas de Apucarana

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber