Facebook Img Logo
  1. Banner

O dia que a caixa dágua caiu

.

Junto com a Catedral Nossa Senhora de Lourdes, na Praça Rui Barbosa, a caixa d’água da Sanepar, na Rua Galdino Gluck Júnior, é um dos principais pontos de referência da área urbana de Apucarana. Com 22 metros de altura, o reservatório elevado de água com capacidade para 200 m³ operou por 44 anos e tem um grande valor histórico para o município. 

Construída em 1965, a caixa d’água foi marcada por um acidente que entrou para a história de Apucarana. No dia 5 de março daquele ano, o reservatório despencou na rua já no primeiro teste de carga e provocou uma espécie de “tsunami”, assustando moradores. 

(Décio, 88, e Maria de Santis, 80, testemunharam a queda. Foto: Sérgio Rodrigo/Tribuna do Norte)

O incidente ocorreu entre 9 e 10 horas. Décio, 88, e Maria de Santis, 80, testemunharam a queda. Eles moram desde 1960 no número 485 da Rua Galdino Gluck Júnior e contam que o acidente “parou” a cidade. “Foi um barulho muito grande. Todos saíram correndo para fora das casas. Logo após o estrondo, a água começou a descer com força pela rua. A enxurrada foi levando as cercas de balaústres (colunas de madeira) das residências”, conta dona Maria. Ela recorda que os escombros provocaram uma grande cratera no local. 


Segundo ela, a Rua Galdino Gluck Júnior não era pavimentada na época – o asfalto chegou apenas em 1968. “Aqui era um buraco e a rua tinha uma descida bem maior que hoje. Quando o ex-prefeito Valmor Giavarina trouxe o asfalto, a prefeitura ‘subiu’ a rua’”, conta seu Décio.     

A caixa d’água caiu por causa de erros de execução e de cálculo de fundação. Segundo o atual gerente regional da Companhia de Saneamento do Paraná (Sanepar), Luiz Carlos Jacovassi, foram feitas fundações em bloco de fechamento e a estrutura não suportou. “Quando ocorreu o teste de carga, a estrutura cedeu, levando os 200 m³ de água que enchiam o reservatório ao chão”, explica. 

Logo depois foi executado novo projeto com fundação em tubulão e o reservatório foi reerguido em 1966. Em 9 de novembro daquele ano, a nova caixa d’água já estava concluída, sendo operacionalizada a partir de1967. Esse reservatório foi construído com seis pilares em vez de quatro como o primeiro que desabou. 


 

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Soprap

Edhucca

Últimas de Apucarana

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber