Facebook Img Logo
  1. Banner
Mais lidas
Apucarana

Apucarana terá espaço para abrigar mais de 80 feirantes

.

Um grande pavilhão coberto, com área de 1.500 metros quadrados, abrigará as principais feiras existentes em Apucarana. O espaço funcionará na Rua Talita Bresolin, ao lado do Cemitério da Saudade e da Capela Nossa Senhora da Esperança. Além de 30 pontos gastronômicos, serão destinados espaços com capacidade para abrigar mais 80 feirantes.

Toda a estrutura será metálica e a cobertura contará com telhas translúcidas. Haverá apenas 30 boxes fixos, destinados à área gastronômica, enquanto o restante da planta será livre. O investimento previsto é de cerca de R$ 1,2 milhão. Parte dos recursos virá do próprio Município e o restante será buscado em outras esferas de governo.

O projeto foi apresentado nesta quinta-feira (17/01) pelo prefeito em exercício, Junior da Femac, durante visita técnica no local onde o pavilhão será implantado. O prefeito esteve acompanhado por arquitetos do Instituto de Desenvolvimento Pesquisa e Planejamento de Apucarana (Ideplan) responsáveis pela elaboração do projeto e pelo diretor-presidente do órgão, Lafayete Luz.

Junior da Femac salienta que o projeto está sendo analisado por uma equipe multidisciplinar, pois é uma ação que envolve diversas secretarias. Também acompanharam a visita técnica o secretário municipal de Obras, Herivelto Moreno, e o secretário de Gestão Pública, Nicolai Cernescu, além de Joaquim Rosina, da Secretaria de Indústria e Comércio e que coordena as feiras existentes no Município, e da vereadora Márcia Sousa que no ato representou o Legislativo.

EXPANSÃO – Junior da Femac afirma que Apucarana se caracteriza por possuir diversas feiras, como  a do Artesanato e do Produtor no Terminal Urbano, a do Entardecer na Praça Rui Barbosa e a de hortifruti que já acontece na Rua Talita Bresolin. “Este é um projeto iniciado na gestão Beto Preto e que estamos concretizando. É um local bem localizado, que permitirá desafogar as feiras e expandir o centro nesta direção da cidade”, observa.

A intenção é também criar novas feiras e levar para o local. “Uma delas é a Feira de Roupas. De acordo com uma pesquisa da Federação das Indústrias, 25% das peças confeccionadas no Paraná são feitas em Apucarana. Entretanto, dentro da nossa cadeia produtiva faltam algumas coisas, como uma feira onde os fabricantes possam colocar o produto à venda”, salienta.

O prefeito lembra que há pouco mais de uma semana anunciou a modernização do Mercado Municipal e fez um comparativo com o ritmo das duas obras. “Essa obra do Espaço das Feiras vai acontecer antes do Mercado Municipal. Com isso, vamos trazer para cá a Feira do Artesanato e da Feira do Produtor para que eles possam trabalhar enquanto a obra do mercado, que é mais demorada, é executada”, explica.

De acordo com a arquiteta do Idepplan, Anellize Alves Campana, o espaço das feiras atenderá critérios de acessibilidade e contará também com área de carga e descarga, sanitários, fraldário e deck externo.  “Internamente, junto com as bancadas de inox da área gastronômica serão disponibilizados pontos elétrico e hidráulico. Já o restante do espaço ficará livre, permitindo que o feirante venha com a sua própria estrutura e faça a instalação”, esclarece.

O pavilhão terá 100 metros de comprimento por 15 metros de largura. Também será projetado um espaço para colocação de mesas ao ar livre. “A idéia é que seja um espaço público, livre e totalmente aberto, que possa abrigar vários tipos de feira”, afirma a arquiteta, informando que a construção será rápida, pois a estrutura metálica é pré-fabricada.

PRESERVAÇÃO – Junior da Femac frisa que as características originais da praça, criada na gestão do ex-prefeito José Scarpelini, serão preservadas. “Manteremos a fonte e o monumento existente que fica ao lado da capela, ao mesmo tempo em que vamos incorporar aspectos atuais, trazendo esse espaço para 2019 e preparando  a Apucarana que queremos no futuro”, pontua.

Já o Quarteirão das Personalidades, que foi implantado posteriormente no local, será levado para outro lugar. “As placas com as imagens das personalidades já foram retiradas por causa do vandalismo e vamos estudar um novo espaço para homenagear os pioneiros e quem tanto contribuiu com o desenvolvimento de Apucarana”, assinala.

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Soprap

Edhucca

Últimas de Apucarana

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber