Facebook Img Logo
  1. Banner
Mais lidas
Apucarana

Saúde orienta como identificar agentes de combate à dengue

.

Num período em que as vistorias em residências visando à prevenção e combate à dengue se intensificam, a Autarquia Municipal de Saúde (AMS) de Apucarana reitera junto à população sobre as diferentes formas de identificar os agentes de endemias que estão no dia a dia entrando no quintal das residências para realizar seu trabalho.

A população pode identificar os agentes de combate à dengue através de quatro itens. Os dois mais importantes, no entanto, são o crachá e o colete.

O crachá com logomarcas da Autarquia Municipal de Saúde e da prefeitura, sempre com foto, traz na parte da frente o nome do agente e a inscrição “guarda de endemias”. No verso, são encontrados dados do servidor da saúde como nome completo, CPF, RG, data de nascimento e o mais importante: número da matrícula do agente.

“Com esse número é possível entrar em contato com a Autarquia Municipal de Saúde (3422-5888), pedir para falar na divisão de endemias, que irá a confirmar a identificação do servidor”, informa o diretor de Divisão de Endemias da AMS, Mauro de Aguiar.

O colete, sempre na cor verde, é outro fator importante de identificação do agente de endemias. Na parte da frente tem logomarca da Autarquia Municipal de Saúde e logo abaixo da prefeitura. Do lado esquerdo há a inscrição “Supervisor de Controle de Endemias”. Ainda atrás, nova identificação com os dizeres “Agente de Endemias. Departamento de Vigilância em Saúde. Divisão de Controle de Endemias”.

Os agentes carregam uma bolsa marrom também com a logomarca da Divisão de Controle de Endemias. E por último, os agentes amarram uma bandeira amarela, também com a inscrição “Controle de Endemias”, no portão da residência para identificar que está sendo realizada vistoria naquele imóvel.

Mauro de Aguiar reitera a importância da vistoria dos agentes nas residências para o efetivo enfretamento da dengue no município. “A população tem como identificar com segurança esses trabalhadores da saúde que, especialmente neste período mais propício a proliferação do mosquito da dengue, estão diariamente batendo no portão da casa dos apucaranenses para realizar esse importante trabalho de prevenção da doença”, afirma Aguiar.

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Edhucca

Últimas de Apucarana

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber