Apucarana

Autarquia de Saúde faz chamamento para vacina contra febre amarela em Apucarana

Da Redação ·
A ação é uma medida preventiva diante do aumento diário de casos de morte em vários municípios do estado vizinho de São Paulo (Foto – Profeta)
A ação é uma medida preventiva diante do aumento diário de casos de morte em vários municípios do estado vizinho de São Paulo (Foto – Profeta)

A Autarquia Municipal de Saúde de Apucarana (AMS), seguindo orientação da Secretaria de Estado da Saúde (SESA), começou a intensificar neste mês a vacinação contra a febre amarela no município. Segundo a série histórica, o período sazonal de casos da doença vai de dezembro a maio. 

continua após publicidade

De acordo com o setor de Epidemiologia da AMS, em 2018 foram aplicadas 3602 doses da vacina contra febre amarela em Apucarana, contra 6239 do ano passado quando foi intensificada ocorrência no número de casos da doença no país. Conforme recomendação do Ministério deve tomar a vacina crianças a partir de 9 meses e adultos de até 59 anos que ainda não tenham recebido nenhuma dose da vacina.  Apenas uma dose da vacina garante proteção para o resto da vida. No caso dos idosos com 60 anos ou mais, é preciso avaliação médica.

No último período epidemiológico, julho 2017 a junho 2018, foram notificados 7518 casos de febre amarela no Brasil, com 1376 casos confirmados, resultando em 483 óbitos (letalidade 35,1%). 

continua após publicidade

“Para atender um possível aumento da demanda pela imunização, o setor de epidemiologia da Autarquia de Saúde reforçou o estoque da vacina nas Unidades Básicas de Saúde. Nosso objetivo é atender cada apucaranense que vá busca essa importante forma de prevenção”, afirma o coordenador do setor de epidemiologia, Luciano Pereira da Silva.

O diretor presidente da AMS, Roberto Kaneta, observa que quem recebeu uma ou mais doses da vacina em qualquer fase da vida já está imunizado. “Em caso de dúvida, a pessoa deve apresentar a carteira de vacinação na UBS, onde o profissional de saúde vai verificar o esquema vacinal”, orienta.

A vacina contra febre amarela está disponível entre 8 e 16 horas, em todas as Unidades Básicas de Saúde com sala de vacina. Apenas seis não contam com essa estrutura: UBS Julia Reczkowski, do Núcleo Habitacional Marcos Freire; UBS Rute Eugênio, do Jardim Vale Verde; UBS Philipe Weckewerth, no Jardim Milani; UBS Rodrigo Yoshi Tramontil, da Vila Apucaraninha; UBS João Marioto, na Vila Formosa; e Elayne Mazur, no Jardim Interlagos.

continua após publicidade

Transmissão
A febre amarela é uma doença infecciosa febril aguda, causada por um vírus transmitido por mosquitos infestados. Em área rural ou de floresta, os macacos são os principais hospedeiros e a transmissão ocorre pela picada dos mosquitos transmissores infectados Haemagogus e Sabethes.

Já no meio urbano, a transmissão se dá através do mosquito Aedes aegypti (o mesmo da dengue). A infecção acontece quando uma pessoa que nunca tenha contraído a febre amarela ou tomado a vacina contra ela circula em áreas florestais e é picada por um mosquito infectado. Ao contrair a doença, a pessoa pode se tornar fonte de infecção para o Aedes aegypti no meio urbano.