Apucarana

Dermatologistas realizam ação de prevenção ao câncer da pele na Unimed Apucarana

Da Redação ·
Dermatologistas realizam ação de prevenção ao câncer da pele na Unimed Apucarana - Foto: TNONLINE
Dermatologistas realizam ação de prevenção ao câncer da pele na Unimed Apucarana - Foto: TNONLINE

Centenas de pessoas passaram na manhã de sábado (1º) por exames gratuitos durante a 20ª Campanha de Prevenção ao Combate ao Câncer da Pele, realizado na Unimed Apucarana. Os atendimentos foram exclusivamente voltados para avaliação e diagnóstico de pré-câncer ou câncer da pele, incluindo consultas, orientação e encaminhamento para tratamento, além de orientação sobre foto-proteção e conscientização sobre a doença.

continua após publicidade

Conforme dados do Instituto Nacional de Câncer (Inca), todos os anos surgem 176 mil casos de câncer da pele, o de maior incidência no país. “Todos os anos fazemos essa campanha porque se o câncer de pele for diagnosticado no início, a chance de cura é de 90%. O câncer é traiçoeiro porque não dói e ele se inicia com uma “pelotinha”, assemelha-se com uma espinha e depois de um tempo pode sangra”, explica o dermatologista Alfredo Bacciotti de Lima, coordenador da campanha em Apucarana.  

Dermatologistas realizam ação de prevenção ao câncer da pele na Unimed Apucarana fonte: Reprodução

 "O câncer de pele é traiçoeiro porque não dói”, explica o
dermatologista Alfredo Bacciotti de Lima - Foto: TNONLINE

continua após publicidade

A zeladora aposentada Claudete de Fátima Gonçalves, 58 anos, chegou em torno das 6h30 na fila para receber atendimento e estava ansiosa para ouvir a opinião de um médico sobre uma mancha em uma das mãos. “É a primeira que vinho e achei a iniciativa muito boa. Fazia seis meses que aguardava por uma consulta. Estou preocupada com uma mancha diferente na mão, mas sempre usei filtro. Porém, tive contato com produtos químicos durante um grande período da vida”, conta.  

A ação integra a agenda preparada para o Dezembro Laranja, que motiva a campanha “Se Exponha, Mas Não se Queime”, desenvolvida anualmente pela Sociedade Brasileira de Dermatologia. “Vale lembrar que a exposição excessiva e sem proteção ao sol é a principal causa de câncer da pele. Por isso, é importante passar protetor solar, usar óculos escuros com protetor UVA e UVB, além de usar camiseta e chapéu, e evitar o sol das 10 às 16 horas”, reforça.

Além de Bacciotti, o atendimento foi feito por uma equipe de dermatologistas formada por Fabrício Devides, Nathalia Zardo Devides, Leticia Rathlew de Lima, Caroline Cilião, Audirlei José Simões Santos e Camila Orathes, associados à Sociedade Brasileira de Dermatologia (SD), além de dois médicos residentes.

Tags relacionadas: #Apucarana #dermatologia #Unimed