Apucarana

Colégio de Apucarana promove atividades em combate ao racismo

Da Redação ·
FOTO - Maicon Sales
FOTO - Maicon Sales

O Colégio Vale do Saber de Apucarana promoveu nesta semana atividades em alusão à Consciência Negra, data celebrada em 20 de novembro. Os alunos receberam ainda uma palestra do Movimento Apucaranense da Consciência negra (Macone).

continua após publicidade

De acordo com Karina Eskildsen, coordenadora da equipe multidisciplinar, os estudantes começaram a se envolver com as atividades desde o começo do ano. “Já vínhamos nos preparando para isso, tratando sobre o assunto em aula, como combate à discriminação racial, preconceito e durante o ano eles foram desenvolvendo os trabalhos, que contam com cartazes, bonecos, pinturas e até receitas afrodescendentes”, explica. 

O projeto envolveu cerca de 150 alunos do sexto ano do ensino fundamental até o terceiro ano do ensino médio. Na última quinta-feira (22) eles receberam o presidente do Macone, Carlos Alberto Figueiredo, que durante uma hora debateu o tema com os jovens.

Na ocasião, houve ainda duas apresentações com alunos. Em uma delas, eles dançaram ao som de ritmos afros e em outra a interpretação de um poema da peruana afrodescendente Vitória Santa Cruz. As atividades foram coordenadas pela professora de sociologia Mariela Custódio.

Ao fim, um membro da Macone aproveitou o espaço para levar aos alunos um pouco de música. Em meio a letras autorais, Eulles Nathan deu voz a duas canções próprias. Ele também falou sobre a dificuldade de ser um jovem negro no Brasil e disse que a luta do movimento é constante. 

Tags relacionadas: #CONSCIÊNCIA NEGRA #racismo