Apucarana

Prefeito coloca equipes municipais em alerta para risco de temporal em Apucarana

Da Redação ·
Ultimo temporal em Apucarana derrubou árvores e postes.
Ultimo temporal em Apucarana derrubou árvores e postes.

Apucarana deve registrar grande volume de chuva ao longo desta sexta-feira (26/10). Um alerta emitido pelo Sistema Meteorológico do Paraná (Simepar) na tarde desta quinta-feira (25/10), prevendo precipitação pluviométrica de até 73,4 milímetros no decorrer do período, colocou em alerta a Defesa Civil, Corpo de Bombeiros e equipes locais da Copel e Sanepar, que imediatamente iniciaram ações preventivas de danos. 

continua após publicidade
Prefeito coloca equipes municipais em alerta para risco de temporal em Apucarana fonte: Reprodução

O prefeito Beto Preto (PSD), que cumpriu agenda oficial em Curitiba, também foi notificado da previsão e colocou as equipes municipais de sobreaviso. “No último dia 18 todos fomos pegos de surpresa pelo vendaval e grande parte da cidade sofreu com a falta de água e também de energia elétrica, serviços que foram restabelecido com atuação heroica por parte dos órgãos responsáveis. A queda de árvores também causou muitos transtornos ao trânsito e rendeu muito trabalho às nossas equipes. Situação que esperamos que não se repita, mas que se ocorrer tenho certeza de que todos os órgãos estarão melhor preparados”, disse Beto Preto.

O vendaval citado pelo prefeito atingiu Apucarana com rajadas de vento de até 107,2 km/h e, de acordo com o gerente da Agência Copel de Apucarana, Ayres Augusto Gonçalves Júnior, os efeitos ainda rendem trabalho às equipes. “Foram cerca de 1,8 mil ocorrências atendidas em toda nossa área de abrangência, que vai até São Pedro do Ivaí, onde precisamos solicitar apoio de cinco equipes da Copel, que vieram da região da grande Curitiba, para dar auxílio no restabelecimento dos serviços. Nossas equipes, inclusive o pessoal de trabalho interno, foram todas a campo e praticamente não pararam até hoje”, relatou Ayres. Com relação à previsão de chuva para esta sexta-feira, ele informa que a regional está preparada. “O temporal da semana passada não era esperado e veio com grande magnitude. Caso a previsão se confirme, estamos em alerta para dar a melhor resposta possível ao nosso consumidor, garantindo a continuidade dos serviços”, afirmou o gerente da Copel. Apesar de prever muita chuva, o alerta da Simepar não relata a possibilidade de novo vendaval. As rajadas não devem superar os 50 km/h nesta sexta-feira.

continua após publicidade

No tocante ao abastecimento de água potável, o gerente regional da Sanepar de Apucarana, Luiz Carlos Jacovassi, salientou que equipes atuaram ao longo da quinta-feira em ações preventivas no sistema de captação junto à bacia do Rio Pirapó. “Prevendo o que pode acontecer, já adotamos medidas importantes para evitar que haja interrupção na captação e, consequentemente, no abastecimento de água caso o volume do rio ocasione inundação que, em outras ocasiões, comprometeu a prestação dos serviços”, lembra. No início da manhã, relata Jacovassi, a previsão era de que o nível do rio pudesse subir até 8 metros. “Mas no final da tarde ficamos um pouco mais tranquilos, contudo ainda em estado de alerta, com a previsão baixando para a possibilidade de o nível subir em até 4,5 metros”, disse o gerente da Sanepar. As principais medidas adotadas para prevenir o desabastecimento foram em relação à revisão do sistema elétrico dos motores e transformadores da estação. “Para este trabalho contamos com suporte de uma equipe da Copel”, concluiu Jacovassi.

Diante do alerta do Simepar, a Defesa Civil de Apucarana orienta as pessoas a evitar ficar sob árvores. “Além de enxurrada, a chuva pode vir acompanhada de ventos fortes”, comunicou Alessandro Carletti, diretor responsável pela Defesa Civil em Apucarana. Ele avisa que as pessoas que se sentirem preocupadas, ou precisarem de mais informações sobre as intempéries climáticas, podem ligar para dois números. “Os bombeiros podem ser acionados pelo telefone 193 e a Defesa Civil pelo número 153”, concluiu Carletti.