Facebook Img Logo
  1. Banner
Mais lidas
Apucarana

Preço do frango sobe até 54% após greve dos caminhoneiros

.

Foto: Delair Garcia/Tribuna do Norte
Foto: Delair Garcia/Tribuna do Norte

A greve dos caminhoneiros, encerrada há pouco mais de uma semana, continua gerando impactos no mercado local. O preço das carnes de frango e de porco dispararam nos supermercados da região. Alguns cortes chegam a custar até 54,5% a mais do que antes da paralisação. Estabelecimentos acreditam que situação deve voltar à normalidade em 20 a 30 dias.

O frango registrou maior alta. A ave inteira resfriada, que custava em torno de R$ 4,90 o quilo há cerca de 20 dias, hoje está sendo vendida ao preço de R$ 6,90, o que corresponde a uma alta de 40,8%. O corte com maior reajuste foi a coxa, que custava em torno de R$ 5,50 antes da manifestação dos caminhoneiros e, agora, está custando aproximadamente R$ 8,50, alta de 54,5%.

Leia a reportagem completa na edição deste sábado (9), do jornal Tribuna do Norte.

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Edhucca

Últimas de Apucarana

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber