Facebook Img Logo
Mais lidas
Apucarana

Pesquisa aponta que tecnologia ajuda idosos a preservar e ampliar as funções cognitivas

.

Sidney da Kairos

É fato que o mundo está cada vez mais digital. Por meio da tecnologia é possível fazer uma infinidade de coisas como usar aplicativos para realizar transações financeiras, para pedir táxi, comida, marcar exames e consultas, entre muitas outras tarefas. Também é fato que as atividades que envolvem computadores e celulares de última geração são mais comuns entre os jovens, contudo, o uso os idosos também estão imergindo cada vez mais no mundo da tecnologia. 

Pesquisa divulgada em 2016 aponta que o uso de tecnologia por idosos ajuda na preservação e na ampliação das  funções cognitivas, como memória, velocidade de resposta e raciocínio. Os estudos ainda sugerem que os mais velhos insiram a tecnologia no dia a dia. 

O contato com a informática provoca, conforme pesquisadores, provoca aumento no hipocampo, área do cérebro fundamental para a cognição e a memória. Conforme o estudo, são duas grandes vertentes  em relação ao uso de tecnologia para estimular o cérebro. Uma delas é o de pacotes prontos de aplicativos e softwares para treinar áreas específicas, como cognição, memória episódica, memória operacional, foco e atenção. Outra vertente é adicionar a tecnologia no dia a dia, não com softwares específicos, mas com aqueles usados para agilizar e ganhar eficiência no cotidiano. "Isso vai garantir autoestima, independência, engajamento social."

Dados
Conforme o site aterceiraidade.net, 76% dos brasileiros com mais de 50 anos estão no Facebook e 78% possuem Smartphones. Apenas 9% dos alegaram que não usam algum tipo de serviço de comunicação. A AVG Techonologies, empresa de segurança que realizou a pesquisa, descobriu que essas pessoas se sentem menosprezadas pelas empresas de tecnologias, pois tratam como se fossem “analfabetos digitais". 

A pesquisam realizada em diversos países, dentre eles o Brasil, ouviu quase 6 mil pessoas com mais de 50 anos sobre seus hábitos tecnológicos e opiniões sobre as novas tendências desse mercado. 
Segundo o estudo, as empresas continuam foranco nos jovens, mas devem ter atenção com os mais velhos, que costumam ter maior poder aquisitivo e também são interessados em novidades. 

Confira outros detalhes da pesquisa:
USO DE DISPOSITIVOS
• Dentre os dispositivos digitais, o mais comprado/usado é o celular, utilizado por 86% dos entrevistados, seguido por smartphones com 78%, Desktops ou PCs com 78%, laptops com 77%, cameras com 74%, tablets com 60%, eBooks com 18% e, finalmente, dispositivos wearables com 05%. Em todos os dispositivos, o uso no Brasil supera o uso em outros países.
 98% dos respondentes usam aplicativos em seus dispositivos. Os mais predominantes são os de comunicação com 79%, apps sociais (73%), apps de bancos/financeiros (71%), aplicativos de compras (61%), apps de notícias (59%), aplicativos de viagens (59%), entretenimento (50%) e aplicativos ligados à saúde e exercícios físicos (26%). Em todos os casos, o número de usuários do Brasil é o maior entre os países pesquisados.

MÍDIAS SOCIAIS
• 76% são usuários do Facebook, 52% usam o Google+, 52% usam o LinkedIn, 25% o Twitter, 24% possuem Instagram, 4% o Flickr. Em todos os casos, o número de usuários do Brasil é o maior entre os países pesquisados e apenas 9% dos respondentes não possuem nenhuma rede social (menor índice entre todos os países).
• Apenas 9% dos respondentes não usam algum tipo de serviço de comunicação.
• Os serviços de Comunicação mais utilizados são o Skype e WhatsApp, com 76%.
• 25% usam o Facetime (maior número entre todos os países).

ATITUDES EM RELAÇÃO À TECNOLOGIA
• 95% da amostra concordam com a afirmação “A Tecnologia está melhorando minha habilidade de me comunicar com amigos e familiares“.
• 80% concordam com a afirmação “A tecnologia melhorou minha capacidade de me entreter“ 
• 43% concordam com a afirmação “A tecnologia melhorou minha capacidade de me manter em forma e saudável“.
• 87% concordam com a afirmação “A tecnologia melhorou minha capacidade de comprar on-line“ 
• 85% concordam com a afirmação “A Tecnologia ampliou minha capacidade de lidar com transações bancárias”.
• 97% concordam com a afirmação “A Tecnologia melhorou minha habilidade de encontrar informações“ 
• 88% concordam com a afirmação “A Tecnologia melhorou minha habilidade de planejar viagens"
• 70% concordam com a afirmação “A Tecnologia melhorou minha habilidade de compartilhar minha vida com outras pessoas por meio de fotos, vídeos, etc” 
• 41% dos entrevistados acham fácil acompanhar/usar as tecnologias mais recentes. Para 5% isso é muito difícil ou impossível.

“COMO A TECNOLOGIA ME FAZ SENTIR?” 
• Em contato com outras pessoas – 81% 
• Em contato com as novidades – 70% 
• Feliz – 47% 
• Seguro – 32% 
• Jovem – 31%
• Vulnerável – 19% 
• Preocupado – 12%


(Os dados da pesquisa foram coletados no site aterceiraidade.net)

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

mais notícias

Últimas de Apucarana

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber