Facebook Img Logo
  1. Banner
Mais lidas
Apucarana

Apucarana investe R$ 2 milhões na reforma e ampliação de três unidades escolares

.

Prefeito Beto Preto pediu celeridade nos processos licitatórios - Foto: Divulgação
Prefeito Beto Preto pediu celeridade nos processos licitatórios - Foto: Divulgação

A Prefeitura de Apucarana autorizou, nesta terça-feira (15), a abertura de processo licitatório para a reforma e a ampliação de mais três unidades escolares. As contempladas nessa etapa são a Escola Municipal Antonieta da Silva Lautenschlager, no Jardim Presidente Kennedy, a Escola Municipal Doutor Joaquim Vicente de Castro, na Vila Santa Rosa, e o Centro Municipal de Educação Infantil Serafim Colombo, no Jardim Figueira.

Cerca de R$ 2 milhões devem ser investidos nos imóveis, que vão receber adequações para atender às normas vigentes de acessibilidade e segurança previstas pelo Ministério da Educação, o Corpo de Bombeiros e a Vigilância Sanitária.

Escola Antonieta da Silva Lautenschlager

A Escola Municipal Antonieta da Silva Lautenschlager foi construída há quase 40 anos e nunca passou por uma grande reforma. “O prédio está cheio de infiltrações e as salas de aula costumam alagar quando chove um pouco mais forte. Outra preocupação é que alunos cadeirantes não conseguem ter acesso ao pavimento superior da escola, pois a passagem é feita apenas por escadas,” afirmou a diretora Adilene Nogueira Ananias.

Nessa unidade de ensino, o projeto de engenharia prevê a aplicação de R$ 822.238,37 para a reforma de 1.490,59 m2 e a ampliação de 83,14 m2.  Os principais serviços a serem executados são completa revisão do telhado, substituição das calhas e rufos,  troca do forro e do piso, instalação de manta térmica, reforma de banheiros, construção de rampas, nova central de gás, melhorias na quadra de esporte e implantação de cobertura em policarbonato ligando os blocos de salas de aula.

A obra beneficiará aproximadamente 300 alunos, matriculados nas turmas da pré-escola, dos anos iniciais do ensino fundamental e em uma sala de recursos multifuncionais.  

Escola Doutor Joaquim Vicente de Castro

A Escola Municipal Doutor Joaquim Vicente de Castro também será contemplada com  substituição do forro e do piso antigos, instalação de manta térmica, ampliação de banheiros, revisão das instalações elétricas, reforma da quadra esportiva, fechamento do terreno com muros e alambrados, além da construção de cobertura entre o portão e o prédio.

Para melhorar o conforto e a segurança dos 326 alunos da instituição, recursos da ordem de R$ 574.582,87 serão investidos. A reforma abrangerá 1.360,52 m2 e a ampliação outros 115,14 m2.   

A turma do 5° ano escreveu uma carta agradecendo as melhorias. "Eu adoro estudar nessa escola, onde aprendi a escrever e fiz muitos amigos. A reforma veio na hora certinha porque tem muitas coisas que precisam ser consertadas. Em nome dos meus colegas de classe, eu agradeço ao prefeito Beto Preto," leu a aluna Isabela Giovana Basílio.

CMEI Serafim Colombo

Completando o atual pacote de obras, o CMEI Serafim Colombo receberá diversas benfeitorias. A Prefeitura planeja empregar R$ 618.138,14 na construção de uma nova cozinha, um depósito de merenda, uma sala para berçário e um banheiro no maternal. Novamente, o forro e os pisos serão substituídos, as instalações elétricas e hidráulicas serão revisadas, e os demais espaços escolares vão passar por adequações.  A área reformada será de 294,70 m2 e a ampliada de 133,96m2.   

A diretora da creche, Adriana Presoto, garantiu que a obra é necessária e vinha sendo aguardada há bastante tempo por todos os servidores. "O espaço atual é muito limitado para o desenvolvimento das atividades lúdicas que são próprias dessa faixa etária. Nós agradecemos as benfeitorias com a certeza de que, ao investir na educação, a prefeitura está investindo no futuro do município," disse.

Colégio Estadual Godomá Bevilacqua de Oliveira

Além das unidades municipais de ensino, o prefeito Beto Preto anunciou que o Colégio Estadual Professora Godomá Bevilacqua de Oliveira deverá passar por obras nos próximos dias. "Essa instituição foi selecionada pelo projeto Escola 1000, do Governo do Paraná, e vai receber um montante de R$ 100 mil para uma pequena reforma," explicou.

O Colégio Godomá Bevilacqua funciona de forma compartilhada nas instalações da Escola Municipal José de Alencar, no distrito de Vila Reis.

A secretária municipal de Educação, Marli Fernandes, fez um balanço das obras executadas na rede. “Desde 2013, o prefeito Beto Preto já autorizou a construção de seis CMEIs e uma escola. Outras 45 unidades de ensino receberam reforma ou ampliação. Os professores, funcionários e alunos necessitam de locais apropriados para o processo de ensino e aprendizagem e é emocionante ver o sorriso no rosto deles ao receberem notícias como as anunciadas hoje," disse.

O Prefeito Beto Preto pediu celeridade nos processos licitatórios. "Nós queremos que as essas três obras comecem no prazo máximo de 50 dias. Afinal, Apucarana não pode perder tempo quando se trata da educação das nossas crianças," finalizou.

Acompanharam o ato no gabinete municipal, o assessor parlamentar Arilson Chiorato; o diretor do Colégio Estadual Professora Godomá Bevilacqua de Oliveira, Valdir Cândido; diversos vereadores e secretários municipais.

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Edhucca

Últimas de Apucarana

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber