Facebook Img Logo
  1. Banner
Mais lidas
Apucarana

Apucarana tem menos acidentes e mais mortes

.

De acordo com dados da Polícia Militar (PM) de Apucarana, os acidentes de trânsito no perímetro urbano da cidade caíram 19% nos primeiros quatro meses deste ano, no comparativo com o mesmo período do ano passado. Já o número de vítimas fatais não acompanhou a redução. Pelo contrário, houve um aumento de 200% nas mortes. Campanha ‘Maio Amarelo’ tem como objetivo conscientizar motoristas e pedestres acerca da segurança no trânsito.

Foram 239 acidentes registrados pela PM apucaranense neste primeiro quadrimestre de 2018, contra 295 no mesmo período do ano passado. O número de feridos registrou queda parecida, de 17,6%, passando de 153 para 126. Já as mortes no trânsito passaram de uma para três.“Apesar de termos um aumento de acidentes envolvendo bicicletas, de quatro para 12, houve uma redução de 28% nos acidentes envolvendo motociclistas, o que é algo positivo. Também tivemos redução de quase 18% no número de menores ao volante e de quase 40% nos casos de motoristas embriagados”, afirma Vilson Laurentino da Silva, capitão do 10º Batalhão de Polícia Militar (BPM) de Apucarana.

Para reduzir os números da violência no trânsito, uma ampla campanha de conscientização é realizada ao longo de todo o mês de maio. Através da campanha ‘Maio Amarelo’, as forças de segurança do trânsito realizam ações de conscientização junto à população. “Estamos, juntamente com a Guarda Municipal e com a Ciretran de Apucarana, desenvolvendo blitzes educativas durante todo o mês. Esta é uma campanha muito importante, que auxilia na redução dos acidentes, feridos e mortes nas ruas e avenidas da nossa cidade”, destaca o capitão.

ARAPONGASEm Arapongas, os números do trânsito neste primeiro quadrimestre de 2018 se mantiveram praticamente estáveis, na comparação com o ano anterior. O número de acidentes ficou em 279, contra 277 de 2017, alta de 0,7%. O número de mortes nos dois períodos foi o mesmo: três vítimas. Já os feridos caíram 2,1%, passando de 142 para 139. A maior oscilação aconteceu no número de atropelamentos. Houve uma queda de 18,2%, passando de 11 para 9 casos.Coordenadora de Educação para o Trânsito da Guarda Municipal (GM) de Arapongas, Michele Regina Zanin, afirma que a manutenção dos índices se deve ao trabalho contínuo realizado no município. 

“O trabalho de manutenção das vias, fiscalização do trânsito e o trabalho de educação e conscientização são os três pilares para manter o trânsito seguro”.Ela destaca as ações do ‘Maio Amarelo’ desenvolvidas em Arapongas. “Estamos realizando um trabalho integrado com diversas forças de segurança e órgãos públicos voltados ao trânsito, com o intuito de conscientizar a sociedade. O foco é educativo, mas blitzes fiscalizatórias também serão realizadas”, diz.

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Edhucca

Últimas de Apucarana

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber