Facebook Img Logo
Mais lidas
Apucarana

Projeto “Vamos Ler” é retomado na rede municipal de ensino em Apucarana

.

A professora Michela Vieira Prestes, coordenadora pedagógica do projeto, explica que os alunos receberão o jornal em sala de aula uma vez por semana - Foto: TN
A professora Michela Vieira Prestes, coordenadora pedagógica do projeto, explica que os alunos receberão o jornal em sala de aula uma vez por semana - Foto: TN

Tribuna do Norte retoma neste mês o projeto cultural “Vamos Ler!”, que tem como objetivo estimular o gosto pela leitura e desenvolver o senso crítico entre as crianças. As atividades vão envolver 1,4 mil estudantes do 5º ano da rede municipal de ensino de Apucarana.

O projeto terá patrocínio máster da Itaipu Binacional e contará com apoio da Autarquia Municipal de Educação (AME) e Prefeitura de Apucarana.

Criado em 2000, o “Vamos Ler” envolveu mais de 100 mil crianças e jovens desde então. O projeto foi paralisado em 2015, mas agora será retomado na rede municipal de Apucarana, em um primeiro momento.

A professora Michela Vieira Prestes, coordenadora pedagógica do projeto, explica que os alunos receberão o jornal em sala de aula uma vez por semana. “Vamos iniciar nos próximos dias o trabalho de qualificação dos professores para trabalhar com o jornal em sala de aula, com a realização de oficinas pedagógicas”, explica. Ela assinala que o objetivo é formar cidadãos mais críticos com a análise de temas do cotidiano trazidos nas páginas do jornal. “O trabalho do jornal em sala de aula ajuda a enriquecer o vocabulário e a melhorar a interpretação de texto. Além disso, amplia a bagagem cultural e ajuda no desempenho escolar das crianças”, acrescenta Michela.  

Uma das atrações do “Vamos Ler” será a realização de um concurso cultural em parceria com a Itaipu Binacional. Durante o ano, os alunos realização atividades com o tema do meio ambiente e o trabalho desenvolvido pela Itaipu. No final do ano, os alunos destaque receberão como prêmio uma viagem para conhecer a usina, em Foz do Iguaçu.

REPERCUSSÃO

A secretária de Educação de Apucarana, Marli Fernandes, destaca que a inclusão do jornal na escola abre um leque de possibilidades na esfera pedagógica. “Tudo que traz mais alternativas para que as  crianças aprendam de forma dinâmica, lúdica e crítica deve ser valorizado”, diz.

Segundo ela, o jornal impresso é um material rico em possibilidades. “A escola pode utilizar o jornal de várias formas, com leitura crítica, com reelaboração de material, de modo que a perspectiva é muito interessante”, comenta.

A Autarquia Municipal de Educação (AME) também planeja agregar o “Vamos Ler!”  a outro projeto em andamento nas escolas municipais, a Biblioteca Itinerante, que leva o acervo para as salas. “Ofertar também jornais é um acréscimo importante dentro desse processo”, coment

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Últimas de Apucarana

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber