Facebook Img Logo
Mais lidas
Apucarana

Apucarana promove 4º Encontro da Mulher Trabalhadora Rural

.

Agricultoras de Apucarana participaram nesta quinta-feira (03/05) do 4º Encontro das Mulheres Trabalhadoras Rurais. O evento, realizado na sede do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Apucarana e programado para acontecer ao longo do dia, contou com palestras, sorteio de brindes e concursos da garotinha rural e da mulher trabalhadora rural.

O prefeito de Apucarana, Beto Preto, foi representado no ato pelo vice-prefeito Sebastião Ferreira Martins Junior (Junior da Femac). Também estiveram presentes na abertura Laíde Lopes Suzuki, presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Apucarana, Maria Marucha Vettorazzi, representando a Federação dos Trabalhadores Rurais e Agricultores Familiares do Estado do Paraná (Fetaep), Cristovon Videira Ripol, gerente regional da Emater, e a vereadora Márcia Sousa, representando o Legislativo de Apucarana.

Junior da Femac destacou a presença da mulher na economia apucaranense, citando que várias lideram entidades sindicais, especialmente na área de confecções. “Da mesma forma acontece com as secretarias da gestão do prefeito Beto Preto, onde existe um equilíbrio e metade delas é ocupada por mulheres”, frisa Junior da Femac.

O vice-prefeito também ressaltou a atuação destacada das mulheres no campo, lembrando o Programa Terra Forte. “Notamos que o Terra Forte mais avança  onde a mulher toma a frente ou anda junto com o homem na gestão da propriedade”, pontua Junior da Femac.

Na parte da manhã, houve palestras sobre Direitos da Mulher e Enfrentamento da Violência, ministrada por Walquíria Onete Gomes, coordenadora do Centro de Referência e Atendimento à Mulher em Situação de Violência (CRAM), “Marcha das Margaridas”, com Maria Marucha Vettorazzi, diretora da Fetaep, e Linhas Especiais de Crédito para Mulheres, ministrada por Cristovon Videira Ripol.

“Fazemos todo um trabalho de prevenção, escutando as mulheres que muitas vezes estão sendo violadas em seus direitos. A gente veio falar para elas sobre a igualdade no mundo do trabalho e das vivências, colocando os tipos de violência, quais são seus direitos e onde buscá-los”, explica a coordenadora do CRAM, órgão ligado à Secretaria de Estado da Família e Desenvolvimento Social.

Na parte da tarde, estava previsto o concurso da garotinha rural com a participação de cinco crianças de 5 a 10 anos e o concurso da mulher trabalhadora, com oito participantes com idade acima de 50 anos. “Além de capacitar a mulher para o dia a dia, buscamos promover atividades que tirem a mulher da invisibilidade no campo. Muitas vezes elas ficam apenas preocupadas em desempenhar as funções na propriedade, sem haver a integração na sociedade”, avalia Laíde Lopes Suzuki.

O encontro é uma realização do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Apucarana, com o apoio da Emater, Fetaep e Prefeitura de Apucarana.

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

mais notícias

Últimas de Apucarana

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber