Facebook Img Logo
Mais lidas
Apucarana

Gripe exige atenção, alerta infectologista do Hospital da Providência

.

Gripe exige atenção, alerta infectologista do Hospital da Providência​
Gripe exige atenção, alerta infectologista do Hospital da Providência​

Dores de garganta, tosse, nariz escorrendo? Gripe ou resfriado? Elas possuem estes sintomas em comum, mas não se deve enganar, o diagnóstico da gripe deve ser realizado corretamente para que a doença não evolua.

“A gripe é doença causada pelo vírus influenza, que afeta o sistema respiratório, a diferenciação clínica entre o resfriado e a gripe, é que uma pessoa gripada pode apresentar febre com calafrios e a mialgia, que é a dor muscular”, afirma o infectologista do Hospital da Providência, Dr. José Ruy Conde Alves.

Se você está sentindo alguns desses sintomas é preciso que procure a Unidade Básica de Saúde mais próxima. “A pessoa não deve se automedicar, é importante que procure um atendimento médico para que o profissional realize os exames clínicos da garganta, pulmão e a oximetria, que mede a taxa de oxigênio no sangue. Diagnosticada a gripe, o paciente será medicado. Pneumonias decorrentes do vírus da gripe acontecem em uma menor proporção dos casos e a prevenção pra que isso não aconteça é o uso do antiviral”, explica o especialista.

Prevenção

Para se proteger da gripe é necessário tomar alguns cuidados. “A vacinação é muito importante na prevenção. Gestantes, pessoas que possuem doenças crônicas, como a diabetes e acima de 60 anos, devem tomar a vacina antigripal distribuída gratuitamente para o grupo de adoecimento de risco, porém, todos que tiverem mais de seis meses de vida devem ser vacinados”, afirma Dr. José Ruy.

Para se livrar do mal-estar causado pela gripe, é importante manter janelas e portas abertas para a circulação do ar, evitar aglomerações de pessoas e adotarmedidas simples de higiene e comportamento que evitam a propagação da doença. “Não se deve espirrar na palma da mão, pois as gotículas que contêm o vírus, seja da gripe ou resfriado, resistem por 20 a 30 minutos no local e nesse tempo se a pessoa encostar em outra e essa levar o vírus aos olhos, nariz ou boca, se contaminará”, diz o infectologista.

Assim, a higienização das mãos é fundamental para o controle da doença. “É muito importante lavar frequentemente as mãos com água e sabão ou utilizar o álcool em gel, esta medida combate o vírus da gripe, além de outras doenças infecciosas”, conclui o médico.

De acordo com a enfermeira do Serviço de Controle de Infecção Hospitalar do “Providência” e “Materno Infantil”, Samanta Campaner, as medidas de prevenção nãosão esquecidas dentro do ambiente hospitalar. “Orientamos todos os pacientes, visitantes e nossa equipe para realizarem frequentemente a higienização das mãospara prevenção. Nesta semana, também realizamos a campanha de vacinação aos nossos colaboradores, para o bem-estar de todos da Instituição e segurança dos nossos pacientes”, comenta.

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

mais notícias

Últimas de Apucarana

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber