Apucarana

Polícia identifica corpo encontrado na Lagoa do Schmidt

Da Redação ·
Corpo foi encontrado boiando na lagoa no último sábado. Foto: TNOnline
Corpo foi encontrado boiando na lagoa no último sábado. Foto: TNOnline

A Polícia Civil identificou nesta segunda-feira (2) a mulher encontrada morta na Lagoa do Schmidt, no fim de semana em Apucarana. De acordo com o delegado José Aparecido Jacovós, chefe da 17ª Subdivisão Policial (SDP), o corpo encontrado é de Taila Vitória Yasmim Pacheco, de 23 anos. Segundo a polícia, o caso é considerado como afogamento, já que não há indícios de crime. 

continua após publicidade

Logo após a localização, a polícia recebeu informação de que o cadáver poderia ser de uma moradora de rua. O corpo foi reconhecido por um homem que trabalha recolhendo lixo reciclável que teria convivido com Taila durante sua estadia em Apucarana. 

"Recebemos informação de que a mulher teria ficado hospedada no Centro Pop. Identificamos que essa pessoa fez um cadastro em nome de Taila Vitoria Yasmim Pacheco, de 23 anos", reiterou.

continua após publicidade

Segundo o delegado, o amigo da moça foi localizado e confirmou que conviveu com Taila durante um tempo. Ele disse que ofereceu abrigo para a moça que era usuária de drogas. "O catador disse que ela usava muitas drogas e acabou fazendo amizade e a levou para casa dele, onde ela passou alguns dias", comenta.

Ainda conforme o relato, o homem teria presenciado tentativas de suicídio. "O homem disse que ela já tentou se jogar na frente de carros e de ônibus, então ela tinha essa tendência suicida", disse.

Agora a polícia tenta localizar a família de Taila, que seria de Ribeirão Preto, São Paulo, onde ela teria abandonado dois filhos pequenos. A linha de investigação da polícia é que a moça teria se afogado na lagoa. "Não há nenhum indício de crime", afirmou o delegado.