Mais lidas
Apucarana

Apucarana se mobiliza para controlar a dengue

.

Autarquia de Saúde intensifica o trabalho dos agentes de endemias na Vila Reis e manterá equipes atuando durante o carnaval (Foto- Profeta)
Autarquia de Saúde intensifica o trabalho dos agentes de endemias na Vila Reis e manterá equipes atuando durante o carnaval (Foto- Profeta)

Na primeira de uma série de ações voltadas a reduzir o índice de infestação do mosquito da dengue no município, a Autarquia Municipal de Saúde de Apucarana intensificou hoje (7) o trabalho das equipes de endemias no distrito da Vila Reis. A ação reuniu praticamente todos os agentes que atuam no controle da doença no município.

Ao recebe na tarde de hoje os agentes de endemias na sua residência, localizada na Rua Apucarana, 77, na Vila Reis, Sandra Bordim considerou a ação do poder público como uma forma de chamar a atenção da população para cuidar com mais atenção do seu quintal. “As pessoas acabam descuidando e é importante ver a preocupação das autoridades com a nossa saúde. Serve de incentivo para a gente fazer nossa parte”, afirmou Sandra.

“O trabalho permanente de controle a doença em Apucarana começou ganhar um novo ritmo nesta semana. Estamos em um período propício à proliferação do mosquito da dengue e vamos intensificar nossas ações para manter o baixo índice da doença no município”, afirma o prefeito em exercício, Junior da Femac, assinalando que o prefeito Beto Preto, que tem grande experiência na área, vem orientando sobre as estratégias a serem adotadas.

O superintendente da Atenção Básica em Saúde e responsável pelo setor de endemias da AMS, Marcelo Viana, explica que as estratégias da Autarquia de Saúde não se resumem apenas em intensificar as ações nas regiões com maior índice de infestação do mosquito da dengue, como é o caso da Vila Reis, mas também manter o ritmo de visita dos agentes de endemias AMS de casa em casa, mesmo durante o Carnaval.

“Essas equipes desempenham um trabalho essencial. Além de realizarem a vistoria nas residências para detectar e eliminar algum foco do Aedes aegypti, elas orientam sobre as medidas preventivas juntos aos moradores”, afirma Viana.

Segundo o superintendente, a direção da autarquia irá promover uma reunião com os vinte e oito Conselhos Locais de Saúde, para que cada um realize junto aos moradores de seus respectivos bairros uma maior conscientização da necessidade de tomar medidas preventivas de combate a dengue. “A orientação é a de sempre: Eliminar qualquer recipiente que possa acumular água, que é o ambiente propício para o foco de larvas do Aedes aegypti”, resume Viana.

O prefeito em exercício de Apucarana, Junior da Femac, destaca que a mobilização da prefeitura, através da Autarquia de Saúde, visa manter os casos da doença sob controle no município. “No último ano Apucarana registrou apenas um caso da dengue. Isso demonstra que, mesmo com a intensa chuva e alta temperatura, o combate permanente do Aedes aegypti tem apresentado resultados positivos”, avalia Junior da Femac.

Dentro da atual ciclo epidemiológico da dengue, iniciado em agosto de 2017, cidades do mesmo porte de Apucarana, vêm contabilizando um número superior de casos da doença.

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber