Facebook Img Logo
Mais lidas
Apucarana

Justiça Eleitoral extingue três locais de votação em Apucarana

.

Eleitores em situação têm até  têm até o dia 9 de maio para a regularização do documento (Foto: Delair Garcia)
Eleitores em situação têm até têm até o dia 9 de maio para a regularização do documento (Foto: Delair Garcia)

A juíza eleitoral da Comarca de Apucarana, Carolline de Castro Carrijo, baixou portaria nesta semana que determina agregação e transferência de algumas seções de um lugar para outro, bem como a extinção de três locais de votação no município. 

A medida, segundo ela, é necessária tendo em vista a extinção da 179ª Zona Eleitoral de Apucarana, cujos eleitores foram transferidos para a 28ª Zona Eleitoral, conforme estabelecido pelo Tribunal Regional Eleitoral do Paraná (TRE-PR) por intermédio da Resolução nº 777/2017. A 28ª passa a ser uma zona eleitoral única na Comarca para atender eleitores de Apucarana, Cambira e Novo Itacolomi.

A juíza considera que, em função do rezoneamento implantado na Comarca de Apucarana com a extinção da 179ª, houve também uma redução do quadro de servidores. Desta forma, foi preciso adequar as condições de trabalho e funcionamento das mesas receptoras.

De acordo com portaria assinada pela juíza Carolline de Castro Carrijo e publicada na edição de ontem da Tribuna do Norte, três locais de votação foram extintos: da Associação Cultural e Esportiva de Apucarana (Acea), da Escola Municipal Padre Antônio Vieira (Distrito de Correia de Freitas) e da Escola Municipal Professor Wilson de Azevedo (Distrito de Caixa de São Pedro).

MUDANÇAS
Segundo a chefe do Cartório Eleitoral, Andrea Silva Milanin, as seções da Acea foram transferidas para o Colégio Nossa Senhora da Glória (Glorinha), as de Correia de Freitas para a Escola Municipal José de Alencar, da Vila Reis, e as seções da Caixa de São Pedro para o Colégio Estadual Coronel Luiz José dos Santos, do Distrito do Pirapó. Também houve o remanejamento de quatro seções do Colégio Estadual Heitor Cavalcanti de Alencar Furtado, do Núcleo Habitacional João Paulo I, para a Escola Municipal Alcides Ramos, do mesmo bairro.
Andrea explica que todos os eleitores da 179ª Zona Eleitoral foram redistribuídos nas seções da 28ª Zona Eleitoral de acordo com a capacidade de agregação de cada seção. Neste remanejamento, um novo número foi dado para as seções, conforme estabelecido automaticamente pelo próprio sistema eletrônico. Isto vale tanto para os eleitores de Apucarana como também dos municípios de Cambira e Novo Itacolomi. 

Desta forma, no dia da votação o eleitor vai chegar no local de costume e descobrir que o número da sua seção não é o mesmo que consta do título de eleitor. Mas o local da votação é o mesmo, com exceção daquelas situações em que os locais foram extintos e as seções transferidas para outros pontos. “No dia da votação haverá cartazes e uma equipe orientando os eleitores sobre as mudanças”, informa Andrea.

A chefe do cartório aproveita para alertar que os eleitores que estejam com títulos cancelados em função de não terem feito a biometria ou não votado nas últimas eleições têm até o dia 9 de maio para a regularização do documento. O prazo também é o mesmo para emissão de novos títulos eleitorais e transferência de domicílio. “Depois do dia 9 de maio até as eleições em outubro não será possível fazer mais nada disso”, avisa Andrea.

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Últimas de Apucarana

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber