Apucarana

PM vai à UPA após pai de paciente chamar médico de vagabundo

Da Redação ·
Criança foi atendida na UPA de Apucarana - Foto: Divulgação
Criança foi atendida na UPA de Apucarana - Foto: Divulgação

Uma confusão na noite de quinta-feira (26) na Unidade de Pronto Atendimento (UPA), à Rua Desembargado Clotário Portugal, no centro de Apucarana, exigiu intervenção de equipe da Polícia Militar (PM).

continua após publicidade

De acordo com a funcionários da UPA, um homem de 68 anos estava com o filho de 30 anos, que aguardava médico, quando ficou desequilibrado emocionalmente,invadiu as dependências internas por uma porta lateral do setor de emergência e começou a gritar e reclamar com os funcionários da UPA, além de chamar um médico de vagabundo e ofender um vigilante.

Policiais militares tentaram conversar com o homem, mas este estava totalmente exaltado. Após algum tempo o pai do paciente se acalmou quando seu filho já estava sendo atendido. As vítimas se recusaram deslocar até a 17ª SDP para formalização de queixa de injúria.