Facebook Img Logo
Mais lidas
Apucarana

Um ano depois do incêndio, agência da Caixa permanece fechada

.

Principal agência da Caixa de Apucarana está fechada desde 12 de janeiro de 2017 (Foto: Delair Garcia)
Principal agência da Caixa de Apucarana está fechada desde 12 de janeiro de 2017 (Foto: Delair Garcia)

Um ano depois do incêndio que mobilizou o Corpo de Bombeiros e durou 14 horas para ser debelado, o prédio da maior agência da Caixa Econômica Federal, de Apucarana, localizada na Avenida Curitiba, continua de portas fechadas. Quem passa todos os dias na frente da agência localizada na Praça Rui Barbosa não vê movimento, mas segundo a assessoria de imprensa da Caixa, as obras para recuperação do prédio estão em andamento. A previsão é que o banco reabra as portas em março.

Segundo a assessoria da instituição, como o prédio tinha era uma construção antiga, para evitar futuros acidentes, a equipe do banco criou um novo layout mais leve e moderno. 
A reforma, de acordo com a assessoria do banco, também vai tornar a estrutura do prédio mais segura, evitando outros acidentes, como o que aconteceu em janeiro do ano passado. O valor investido na reforma não foi informado. A empresa também não divulgou o prejuízo causado. Atualmente, a Caixa presta atendimento em duas agências - uma delas temporária - na Rua Renê Camargo de Azambuja.
O incêndio, um dos maiores já ocorridos na cidade, durou 14 horas e começou por volta das 17 horas do dia 12 de janeiro de 2017. Até agora, a causa exata do fogo permanece sem explicação oficial. Na época, informações extraoficiais apontavam que o fogo tinha sido originado por uma manutenção realizada no ar-condicionado. 
No início da noite, o fogo era tido como praticamente controlado pelos bombeiros, mas as chamas  se alastraram e foi necessário chamar reforços de cidades vizinhas e acionar profissionais de folga para controlar as chamas.
Apesar das proporções, o incêndio não feriu ninguém, mas a forte fumaça gerada pelo fogo e queima de produtos eletrônicos e isopor tomou conta do térreo do prédio e algumas pessoas precisaram ser atendidas pela equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). 

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Últimas de Apucarana

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber