Facebook Img Logo
  1. Edhucca Banner
Mais lidas
Apucarana

Após casos em São Paulo, Apucarana intensifica vacina contra febre amarela

.

Todas 22 Unidades Básicas de Saúde com sala de vacinação estão com a vacina da febre amarela disponível (Foto: Divulgação)
Todas 22 Unidades Básicas de Saúde com sala de vacinação estão com a vacina da febre amarela disponível (Foto: Divulgação)

A Autarquia Municipal de Saúde (AMS) de Apucarana, seguindo orientação da Secretária de Estado da Saúde (SESA), vai intensificar a partir desta terça-feira (10) a vacinação contra a febre amarela no município. Trata-se de uma medida preventiva diante do aumento de número de casos da doença no estado vizinho de São Paulo, com a confirmação de pelo menos 13 mortes desde o ano passado. 

“Para atender o aumento da demanda pela imunização, o setor de epidemiologia da Autarquia de Saúde reforçou na manhã de hoje o estoque da vacina nas Unidades Básicas de Saúde. Nosso objetivo é atender cada apucaranense que vá busca essa importante forma de prevenção. A Saúde de Apucarana está fazendo o dever de casa também nesta questão da febre amarela”, afirma o prefeito Beto Preto.

Conforme recomendação do Ministério da Saúde pode tomar a vacina contra a febre amarela crianças a partir de 9 meses e adultos de até 59 anos. No caso dos idosos com 60 anos ou mais, é preciso avaliação médica.

“Todas as nossas 22 Unidades Básicas de Saúde com sala de vacinação estão com a vacina da febre amarela para atender a população de Apucarana. A dose é única garantindo proteção para o resto da vida. Estamos fazendo um chamamento aos apucaranenses para que não deixem de tomar a vacina. Essa doença pode chegar a nossa região e a prevenção é um cuidado básico a saúde de cada um”, afirma o diretor presidente da AMS, Roberto Kaneta.

A vacina contra febre amarela está disponível entre 8 e 16 horas, em todas as Unidades Básicas de Saúde com sala de vacina. Apenas seis não contam com essa estrutura: UBS Julia Reczkowski, do Núcleo Habitacional Marcos Freire; UBS Rute Eugênio, do Jardim Vale Verde; UBS Philipe Weckewerth, no Jardim Milani; UBS Rodrigo Yoshi Tramontil, da Vila Apucaraninha; UBS João Marioto, na Vila Formosa; e Elayne Mazur, no Jardim Interlagos.

Transmissão

A febre amarela é uma doença infecciosa febril aguda, causada por um vírus transmitido por mosquitos infestados. Em área rural ou de floresta, os macacos são os principais hospedeiros e a transmissão ocorre pela picada dos mosquitos transmissores infectadosHaemagogus e Sabethes.

Já no meio urbano, a transmissão se dá através do mosquito Aedes aegypti (o mesmo da dengue). A infecção acontece quando uma pessoa que nunca tenha contraído a febre amarela ou tomado avacina contra ela circula em áreas florestais e é picada por um mosquito infectado. Ao contrair a doença, a pessoa pode se tornar fonte de infecção para o Aedes aegypti no meio urbano.

“Além da dengue, zika e chikungunya, a população tem mais uma razão para reforçar as medidas preventivas de combate ao Aedes aegypti a, mantendo seus quintais livres de ambientes propícios a criação desde mosquito que tantas doenças podem transmitir as pessoas”, alerta o diretor presidente da AMS, Roberto Kaneta.

Não podem tomar a vacina

Grávidas e mulheres que estão amamentando crianças menores de seis meses.

Doentes com câncer que fazem quimioterapia ou radioterapia.

Pessoas com alergia a ovos ou derivados.

Portadores de HIV ou qualquer doença que atinja o sistema imunológico.

Transplantados.

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Edhucca

Últimas de Apucarana

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber