Apucarana

Centrocorp tem metade das salas reservadas

Da Redação ·
Imagem ilustrativa da notícia Centrocorp tem metade das salas reservadas
Centrocorp tem metade das salas reservadas

Com investimentos estimados em mais de R$ 80 milhões, o edifício comercial previsto para ser construído ao lado do Shopping Centronorte, em Apucarana, já conta com quase metade das salas comerciais reservadas. Anunciado em agosto deste ano, o empreendimento tem 150 dos 306 espaços já comprometidos com seus interessados. A obra deve começar ser construída no final do próximo ano e concluída até 2024, transformando-se no principal edifício comercial da região.

continua após publicidade

Na última quinta-feira, empresários responsáveis pelo empreendimento apresentaram o projeto para representantes de 16 imobiliárias de Apucarana, Arapongas e Jandaia do Sul, que vão atuar na viabilização do empreendimento. O prédio foi batizado de “Centrocorp” e será construído ao lado do shopping de Apucarana, onde hoje funciona o estacionamento externo. 

São 24 pavimentos no total, com o que há de mais moderno em tecnologia, segurança e estrutura de engenharia.“Esse será o maior edifício corporativo de toda a região e um divisor de águas para Apucarana, com grande potencial de agregar novos negócios. A receptividade está sendo muito boa e pretendemos atingir a cota mínima para garantir o início das obras, que é de 210 salas destinadas a seus interessados, até março de 2018”, assinala Alonso Sanches, um dos empresários que idealizaram o empreendimento.O prédio será construído em um terreno de 4,2 mil m², com área construída de aproximadamente 50 mil m². O projeto arquitetônico já foi concluído e recebeu novos ambientes e sistemas inovadores nos últimos meses. Serão dois modelos de salas comerciais, um de 46 m² e outro de 65 m². Segundo Sanches, entre os compradores, há advogados, médicos, arquiteto, entre outros profissionais liberais, além de investidores.O arquiteto apucaranense Leonardo Britici é o responsável pelo projeto arquitetônico. A construção ficará a cargo da DR Engenharia, de Arapongas que já atua em Apucarana desde 2012. 

continua após publicidade

Britici destaca que o empreendimento é inovador para Apucarana e região, pois garantirá a cada proprietário a possibilidade de moldar seus espaços de acordo com os seus interesses, já que a planta será livre, com sistema de piso elevado.Dos 24 pavimentos a serem construídos, três deles serão destinados a vagas de estacionamento. As 461 novas vagas terão possibilidade de comunicação com o estacionamento atual do shopping, aumentando a capacidade total para mais de 700 veículos.

O primeiro pavimento do edifício, que coincide em altura com o terceiro pavimento do shopping, acomodará 34 grandes espaços comerciais e o acesso será pela recepção da torre. O segundo pavimento receberá dois auditórios, cinemas e praça de alimentação. O restante da torre abrigará mais 306 espaços comerciais diversificados, com 17 salas por pavimento, que contemplarão às vistas do vale ou do lago Jaboti.Para atender o grande fluxo de pessoas, serão 10 novos elevadores inteligentes, entre eles um de medida hospitalar, que diminuirão o tempo de espera e permitirão o uso mesmo em caso de queda de energia. O prédio será construído em forma de ‘S’ e prevê, no topo da torre, um heliponto.