Apucarana

Menino de 14 anos flagrado com crack diz à PM que traficava droga para pagar presidiário

Da Redação ·
Crack, a "pedra da desgraça" - Foto: TNONLINE
Crack, a "pedra da desgraça" - Foto: TNONLINE

Relatório de ocorrências da Polícia Militar (PM) de Apucarana (norte do Paraná) divulgado nesta quinta-feira (14) aponta que mais um adolescente foi apreendido em flagrante sob suspeita de ato infracional de tráfico de drogas na Praça Rui Barbosa, na área central da cidade.

continua após publicidade

De acordo com a PM, um menino de 14 anos foi abordado durante patrulhamento de rotina e com ele foram localizadas oito pedras de crack embrulhadas num pedaço de papel, além de um par de tênis da marca “Asics”, que o menor informou ter comprado no centro de Apucarana de uma pessoa desconhecida.  

Quando os policiais peguntaram ao garoto sobre o crack, ele disse que estaria devendo dinheiro a um traficante detido no minipresídio de Apucarana, mas sem revelar o nome. 

continua após publicidade

Ele acrescentou que esta pessoa teria mantido contato de dentro do unidade carcerária com um terceiro homem, e que este teria por sua vez havia lhe repassado 20 pedras de crack para ele vender e que ele já teria vendido 12 pedras na terça-feira e repassado o lucro ao suposto traficante preso através do intermediário.

Já as oito pedras da droga apreendidas com o menino seriam comercializadas pelo valor de R$ 5 cada e teriam ficado para ele vender e ficar com o lucro.

Conselho Tutelar e Promotoria da Infância e Juventude
O menino foi levado à 17ª Subdivisão Policial (SDP) junto com o entorpecente apreendido para os procedimentos legais e o caso foi relatado ao Conselho Tutelar do Direitos da Criança e do Adolescente e à Promotoria da Infância e Juventude.