Apucarana

Mostra de Música de Câmara abre temporada em Apucarana

Da Redação ·
Foto: Reprodução/G1
Foto: Reprodução/G1

A Orquestra de Câmara Solistas de Londrina realiza circuito de concertos da 7ª Mostra de Música de Câmara por diversas cidades paranaenses. O concerto de abertura será nesta sexta-feira (08/11), às 20h, no Cine Teatro Fênix, em Apucarana, com entrada gratuita. No programa, obras de Mozart, Bach, Correlli, Villa-Lobos, Krebs, Piazzolla e uma coletânea de canções tradicionais natalinas. O solista convidado é o violonista Natanael Fonseca.

continua após publicidade

Conforme Orisvaldo César, diretor artístico e de projetos da Secretaria da Promoção Artística, Cultural e Turística (Promatur), a primeira fase da mostra será realizada durante todo o mês de dezembro e vai percorrer a região Norte do Estado. “Apucarana terá o privilégio de abrir a temporada desta fase, brindando o público com o concerto da Orquestra de Câmara Solistas de Londrina, um dos grupos camerísticos mais conceituados do país, com uma trajetória de 20 anos”, ressalta Orisvaldo César.

A programação da Mostra de Música de Câmara conta com cinco concertos em cidades da região. Depois de Apucarana, as apresentações serão em Rolândia (09), Cambé (10), Arapongas (19) e Sertaneja (20) e Guaíra (22). Além disso, a Mostra contará com dois concertos didáticos, dirigidos aos alunos de escolas públicas estaduais de Londrina.

continua após publicidade

As apresentações serão realizadas ao ar livre, em igrejas, museus e teatros. Todos os concertos serão abertos ao público, com entrada franca. A Mostra de Música de Câmara é organizada pela Apolônia Produções Culturais e tem o patrocínio do BRDE, Cacique, Unimed e John Deere. Conta com o apoio da CBN, Rádio UEL FM, Hotel Crystal e Livraria da Silvia. A coordenação artística é da pianista e produtora Irina Ratcheva.

Desde 2011
Com o tema “Do Erudito ao Popular”, a Mostra de Música de Câmara promove uma série de concertos, desde a temporada de 2011, com o objetivo de agregar conhecimento e valorização da cultura musical brasileira e universal. A Mostra tem a sua frente o maestro e spalla Evgueni Ratchev.

“O projeto surgiu com a pretensão de tornar-se uma Mostra de Música de Câmara permanente em nossa cidade, juntando todas as ações que a Orquestra desenvolve desde a sua criação: projetos como Música no Teatro, Música na Igreja e os inúmeros Concertos Didáticos, apresentados não somente em Londrina, mas também em vários municípios paranaenses. Com a realização das edições anteriores, entendemos que formato de uma “mostra” conseguiria representar significativamente a realidade multicultural em que vivemos”, explica EvgueniRatchev.

continua após publicidade

Nas escolas
A Mostra de Música de Câmara nas escolas pretende aproximar o estudante com o universo musical. A presença de uma orquestra na escola pode despertar mudanças no comportamento dos estudantes, sensibilizar e formar novos públicos para arte musical, favorecendo a educação e ainda capacitando educadores para atuarem como multiplicadores da utilização da música como ferramenta pedagógica nas escolas.

Os concertos serão abertos não somente para os alunos, mas também para o público em geral. A realização destes eventos contribui de forma significativa para o conjunto de ações desenvolvidas com vistas à formação de plateia.

“Vale ainda ressaltar que a opção de desenvolvimento de um projeto musical camerístico, visa o incentivo de novas práticas e novos hábitos de apreciação musical, pois as apresentações acontecem em caráter intimista, essencialmente acústico, que valorizam a pureza do som e a qualidade das obras e de seus intérpretes”, ressalta Ratchev.

continua após publicidade

Segunda fase
A segunda fase da Mostra de Música de Câmara está prevista para ser realizada em 2018, mas ainda depende de patrocínio e apoio através da Lei Rouanet. Estão previstos concertos com renomados solistas convidados.

Ainda em 2018, como parte da programação da Mostra, a Orquestra de Câmara Solistas de Londrina vai lançar um CD comemorativo de 20 anos de existência, reunindo obras de compositores brasileiros. O CD tem patrocínio do Promic, através de projeto aprovado.

SAIBA MAIS SOBRE A ORQUESTRA E O SOLISTA CONVIDADO
Natanael Fonseca: Nascido no estado da Bahia, Natanael Fonseca tem a sua trajetória musical dividida entre o violão erudito e a viola de arco. Fez licenciatura e especialização em música pela Universidade Estadual de Londrina, onde também lecionou nos anos de 2006 à 2008 nas disciplinas de percepção musical e violão. É violista na Orquestra de Câmara Solistas de Londrina desde sua fundação e com a qual participou da gravação de seus cinco discos além de diversas turnês, destacando o Festival de Verão de Varna na Bulgária. Apresentou-se em recitais de violão em Portugal e Espanha, e como solista nos concertos para violão e orquestra de Mário CastelnuovoTedesco, Heitor Villa-Lobos e Anton Garcia Abril com a orquestra Sinfônica da UEL. Natanael Fonseca é mestre em violão erudito pela Universidade de Aveiro – Portugal.

Orquestra de Câmara Solistas de Londrina: Sob a direção do SpallaEvgueniRatchev,  contabiliza mais de 250 concertos realizados desde a sua fundação, participações em festivais de música, circuitos nacionais e estaduais, seis álbuns (Cds) gravados e vários prêmios nacionais recebidos durante estes anos.O grupo atua no cenário nacional erudito e desenvolve os seus projetos com objetivo de executar música de qualidade e ao mesmo tempo participar de um movimento que descentraliza o acesso à cultura para formar novos públicos.O reconhecimento internacional foi alcançado por meio das suas gravações e através dos memoráveis concertos num dos mais importantes festivais de música da Europa, Varna Summer International Music Festival 2010. É considerada como um dos grupos cameristicos mais conceituados do país. Em seu repertório amplo e original, constam grandes obras de compositores brasileiros e internacionais. Desenvolve um projeto inédito no Brasil de registro fonográfico de obras de compositores brasileiros, denominado Retratos Brasileiros. O CD Retratos Brasileiros – obras para Cordas do EdinoKrieger, foi selecionado pela segunda vez entre os três finalistas da 24ª Edição do Prêmio de Música Brasileira. Durante a sua trajetória recebeu importantes Prêmios da Funarte, além de conquistar o Prêmio Tim de Música Brasileira, em 2003, com o CD Imagens Brasileiras”. Desde 2011 realiza a Mostra de Música de Câmara, com concertos em igrejas e teatro, através do Programa municipal de Incentivo à Cultura, Promic.Recentemente lançou o sexto CD, Ponteios, do compositor paranaense Rogério Krieger. Nesta temporada está dando a continuidade da Série Mostra de Música com 08 concertos durante o ano.

Evgueni Ratchev: Formado na Academia Superior de Música de Sófia, veio a Londrina, em uma jornada que já havia deixado marcas em várias outras cidades do mundo. Finalista do Concurso Internacional de Violino Johann Sebastian Bach, na Alemanha, também foi sala e solista de uma das mais importantes orquestras de câmara da Bulgária, a “Studio Concertante”. Como maestro convidado e solista, atuou em varias orquestras sinfônicas no Brasil e foi regente convidado da Garland Symphony Orchestra, New Symphony Orchestraof Arlington e Las Colinas Symphony Orchestra, no Texas. Desde 1996, Ratchev é spalla da OSUEL e além de cuidar da direção musical da Orquestra de Câmara “Solistas de Londrina”. Realiza anualmente máster classes de violino na Universityof Missouri-Columbia (EUA), onde também atua como solista e regente em concertos da orquestra filarmônica da instituição e da Missouri ChamberOrchestra.